Visitantes já podem conferir novidades da Estação Ambiental Cinturão Verde

Visitantes já podem conferir novidades da Estação Ambiental Cinturão Verde

Por | Edição do dia 5 de setembro de 2016
Categoria: Alagoas, Blog, Notícias | Tags: ,,


Quem passa pela Avenida Assis Chateaubriand, na região do Pontal da Barra, já deve ter percebido  mudanças  na sinalização da Estação Ambiental Cinturão Verde. A recente identidade visual é apenas uma das novidades no espaço, mantido pela Braskem há 29 anos e que, desde 2006, é reconhecido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) como um posto avançado de reserva da biosfera da Mata Atlântica.

Foto: ascom

Foto: ascom

 

O novo conceito de identidade, pode ser conferido ainda nas placas de identificação espacial e de informações sobre a fauna e a flora. Os espaços do Apiário-Escola e Hidroponia, onde essas práticas são ensinadas a estudantes e moradores das comunidades vizinhas, também foram repaginados. A horta hidropônica, por exemplo, recebeu um sistema de alimentação por energia solar- através de células fotovoltaícas para manutenção do cultivo, ampliando a aplicação de exemplos de inovação e sustentabilidade na atividade agrícola.

Também foram instalados bancos e coletores para resíduos de ‘madeira plástica’, feita com plástico reciclável, facilitando limpeza e manutenção. O Centro de Atividades de Educação Ambiental foi reformado e reativado, com uso de telhas e piso de PVC. Novos jogos com foco na educação ambiental foram inseridos às atrações da Estação Ambiental, que é muito procurada pelas escolas e universidades para aulas de campo.

“Não só as escolas podem aproveitar o espaço, mas, também, qualquer grupo de pessoas pode agendar uma visita e conhecer a Estação Ambiental, suas atividades e as espécies de fauna e flora da Mata Atlântica que vivem tão harmoniosamente no local. Para isso, basta acessar o site, www.braskem.com, procurar o item ‘Contato’ no alto da página e clicar em ‘Agendar Visitação’. As visitas podem ser feitas de segunda a sexta e são guiadas por educadores ambientais, formados por biólogos e engenheiros. O espaço, que possui 20 hectares se estende do Pontal ao Trapiche da Barra, e abriga  saguis, cotias, pavões, emas, coelhos e jacarés, entre vários outros animais”, explicou Régia Melo, da área de Relações Institucionais da Braskem.

Foto: ascom

Foto: ascom

O auditório, que também foi reformado, com direito a grama sintética e painéis explicativos sobre o ciclo do plástico e suas diversas aplicações no cotidiano das pessoas. O caminho do  ciclo de vida do plástico é apresentado desde da extração do petróleo e da nafta, o processo de polimerização, a transformação em produtos por empresas clientes, até o fechamento do ciclo na reciclagem, através da colaboração da população e das cooperativas de catadores.

“O Cinturão Verde é o único espaço de conservação ambiental dentro da cidade de Maceió e uma grande ferramenta, em si, para trabalhar a educação ambiental. Ele foi recuperado ao longo dos anos com o plantio de mais de 300 mil árvores de 200 espécies e deu espaço a um criadouro da fauna silvestre, em parceria com o Ibama. Poder compartilhar com a população é um orgulho para todos nós”, afirmou Milton Pradines, gerente de Marketing e Relações Institucionais da Braskem.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados