Vereadores nas quadrilhas

Vereadores nas quadrilhas

Por | Edição do dia 2 de agosto de 2016
Categoria: Opiniões | Tags: ,,


Os vereadores Kelmann Vieira, Eduardo Canuto e Silvânio Barbosa estão envolvidos em quadrilhas. A notícia é verdadeira, mas se refere a grupos juninos que cada um desses parlamentares bancam todo ano. Apoiar a cultura popular é uma obrigação do poder público, de preferência pelos órgãos Executivos como as secretarias Estadual e Municipal. O apoio individual é bem vindo, mas não é democrático. Muitos grupos juninos ficam à míngua. Por conta dessa necessidade, as quadrilhas juninas, em sua grande maioria, buscam apoios no bolso de políticos. Neste caso específico, a situação se grava porque, com o poder que têm, esses vereadores podem manipular resultados de concursos, até mesmo os promovidos e “organizados” pela entidade que representa as quadrilhas da Primeira e Segunda Divisões em Alagoas. Eles vão dizer que não, a entidade vai pedir provas, mas todos sabem que isso acontece. Não faz sentido patrocinar uma quadrilha junina que não vai para as decisões. Há denúncias de que até os certames e as respectivas posições em cada competição são rateados. Assim: Forró e Folia tem uma campeã definida; Estadual, outra e o Oscar, outra junina. Como diz na música de Luiz Gonzaga: “…uma para mim…uma prá tu, outra prá mim…”.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados