Veja por quanto tempo se isolar e qual teste fazer em caso de sintomas de Covid-19

Veja quais são os sinais mais comuns e como agir

Veja por quanto tempo se isolar e qual teste fazer em caso de sintomas de Covid-19

Veja quais são os sinais mais comuns e como agir

Por | Edição do dia 12 de março de 2021
Categoria: Coronavírus


Diante da alta de casos e mortes de Covid-19 no Brasil, dúvidas sobre sintomas e testes para a doença podem surgir (ou ressurgir)

Veja quais são os sinais mais comuns e como agir.

SINTOMAS

Tosse seca, fadiga, dor de cabeça, febre ou perda do olfato são os sintomas mais comuns da Covid-19. Em alguns casos, menos comuns, há também efeitos no intestino.

É importante se isolar assim que os sintomas começarem, mesmo sem a confirmação, para evitar que outras pessoas sejam infectadas.

A transmissão, porém, pode começar pouco mais de dois dias antes do início dos sintomas, por isso, é importante também avisar pessoas com quem houve contato para quebrar o ciclo de disseminação da doença.

QUAL TESTE FAZER?

A indicação da SBI (Sociedade Brasileira de Infectologia) é fazer o teste PCR, que coleta material da região da nasofaringe com o auxílio de um swab (um tipo de cotonete comprido). O teste é considerado padrão ouro para o diagnóstico da infecção aguda, ou seja, para saber se a pessoa está ou não infectada naquele momento.

O exame, porém, não exclui a possibilidade de falsos- enegativos (ou seja, de a pessoa estar com o vírus mas o resultado dar negativo). Por isso, se o teste der negativo mas houver forte suspeita clínica, com sintomas compatíveis, a pessoa deve permanecer em isolamento mesmo assim por, pelo menos, dez dias.

Já os teste sorológicos (exames de sangue), que podem ser encontrados em farmácias, por exemplo, não são indicados para detectar se a pessoa está com o vírus. Eles buscam os anticorpos contra o Sars-CoV-2 no sangue e, por isso, servem somente para apontar uma infecção anterior.

QUANDO FAZER O TESTE?

Para diminuir a chance de erro, a recomendação é que o PCR seja feito na primeira semana de sintomas, entre o terceiro e o sétimo dia após o início dos sintomas. Fazer o teste no mesmo dia em que os sintomas aparecerem pode não trazer resultados fidedignos.
O mesmo vale para o teste de antígenos, que deve ser feito na primeira semana.

O QUE OS RESULTADOS SIGNIFICAM?

Um teste de coronavírus pode produzir um de três resultados: positivo (vírus detectado), negativo (vírus não detectado) ou inconclusivo.

Positivo: Quer dizer que você deve continuar em casa, isolado e deve alertar as pessoas com quem esteve nos últimos dias. Também vale a pena entrar em contato (via teleconsulta, por exemplo, evitando assim deslocamento e a chance de contaminar outras pessoas) com um médico para receber orientações. Isso se torna ainda mais importante caso você se sinta mal.

Negativo: Por mais tranquilizador que seja de início, não se trata de passe livre, especialmente se você estiver com sintomas compatíveis. Todos os cuidados permanecem iguais, principalmente pela possibilidade de falso-negativo -o vírus pode apenas ainda não ter alcançado um nível detectável.

Inconclusivo: Isso pode acontecer porque a amostra está inadequada ou contaminada ou ainda porque ela se perdeu. Pode-se fazer um novo teste, mas, dependendo de quanto tempo levará o resultado, talvez seja mais fácil simplesmente completar o tempo de isolamento.

QUANDO PROCURAR AJUDA?

Os sintomas, em geral, melhoram depois de alguns dias, mas é importante ficar atento para o caso de eles não passarem ou piorarem. Em casos de falta de ar, desconforto respiratório e coloração azul da pele na boca e em outras extremidades do corpo, deve-se procurar um pronto-atendimento imediatamente.

Um oxímetro (aparelho mede o nível de oxigênio no sangue) é um bom companheiro para quem está em isolamento em casa com Covid. Ele é importante principalmente para evitar a hipóxia silenciosa, quando a pessoa não está com saturação adequada de oxigênio no sangue, mas não tem sintomas condizentes com isso (como falta de ar). Oxigenação inferior a 95% requer a busca por atendimento médico.

QUANDO INTERROMPER O ISOLAMENTO?

Segundo dados atualizados em fevereiro de 2021 pelo CDC (Centro de Controle de Doenças dos EUA), pessoas que tiveram Covid leve ou moderada podem interromper o isolamento depois de dez dias, contados a partir do 1º dia de sintomas e com a melhora dos demais sintomas.

O mesmo tempo de isolamento se aplica para pessoas que não tiveram sintomas. Nesse caso, deve-se contar os dez dias a partir do resultado positivo do PCR.

Para os que tiveram Covid grave, o isolamento pode durar até 20 dias, pela possibilidade de ainda haver replicação de vírus e, consequentemente, a chance de infectar outras pessoas. Para pessoas com problemas de imunidade, a duração do isolamento pode ser superior aos 20 dias.

Com notícias ao minuto

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados