Usuários aprovam a descentralização da vacinação contra a Covid-19 em Maceió

Novos pontos pela cidade permitem um melhor acesso aos locais de imunização e alivia movimento nos pontos fixos

Usuários aprovam a descentralização da vacinação contra a Covid-19 em Maceió

Novos pontos pela cidade permitem um melhor acesso aos locais de imunização e alivia movimento nos pontos fixos

Por Assessoria | Edição do dia 18 de dezembro de 2021
Categoria: Coronavírus, Maceió | Tags: ,,


O avanço da vacinação contra Covid-19 segue na capital alagoana. Na última quarta-feira (15), Maceió ultrapassou 1,5 milhão de doses aplicadas, sendo quase 90% da população adulta com a primeira dose e, destes, 85% totalmente imunizado com segunda dose ou dose única. Em consequência deste avanço, e para chegar àquela parte da população que não completou sua imunização, a Prefeitura de Maceió iniciou, no dia 1º de dezembro, a descentralização da vacinação contra a Covid-19 nos pontos fixos de atendimento.

Vacinação descentralizada possibilita mais acesso dos usuários aos pontos de vacinação. Foto: Bruno Wesley/Ascom SMS.

A princípio, a vacina estava disponível em 20 unidades de saúde. Posteriormente, o PAM Salgadinho — unidade de atendimento especializado em média complexidade, localizado no Poço — também recebeu as doses do imunizante.

Em seguida, o ponto móvel do Centro de Atendimento ao Turista (CAT Móvel) foi instalado na Ponta Verde, na altura do totem Eu Amo Maceió, que funciona todos os dias das 10h às 17h.

Por fim, a Prefeitura também abriu, na terça-feira (14), mais um CAT, desta vez no Terminal Rodoviário João Paulo II, no Feitosa, onde estão disponíveis todas as doses para maceioenses e visitantes — primeira, segunda dose e de reforço — também funcionando diariamente, das 9h às 16h.

Na quinta-feira (16), a vacinação também foi disponibilizada em três escolas municipais: Antídio Vieira (Trapiche da Barra), Padre Pinho (Cruz das Almas) e Silvestre Péricles (Pontal da Barra). Inicialmente, 13 escolas da rede municipal serão contempladas com as doses da vacina, o que vai beneficiar professores, pais, alunos e toda a comunidade.

A vacinação contra a Covid-19 também está disponível de segunda a sábado em quatro pontos fixos localizados no Maceió Shopping, das 9h às 21h; e no Papódromo (Vergel), na Praça Padre Cícero (Benedito Bentes) e no Terminal de ônibus do Osman Loureiro (Clima Bom), no horário das 8h às 16h. Ou seja, ao todo, são 30 pontos abertos para a imunizar a população.

“A Prefeitura de Maceió tem feito o máximo de esforço para vacinar toda a população contra a Covid-19. A descentralização da vacinação é uma forma de estar mais perto dos usuários. Essa é mais uma ação para que ninguém deixe de se vacinar”, ressalta Ethienne Delamare, diretora administrativa do PAM Salgadinho.

“Com a medida, o fluxo nos pontos fixos fica menos intenso, garantindo celeridade e facilidade à vacinação de toda a população”, acrescenta Frederico Souto, gerente da Unidade de Saúde Osvaldo Brandão Vilela.

Keliane Cruz foi uma das vacinadas contra a Covid-19 nesta quinta-feira (16), na Escola Municipal Silvestre Péricles. Ela diz que estava com a segunda dose atrasada, mas foi logo garantir a imunização ao saber que a escola do bairro em que reside também estava vacinando. “Foi bem rápido, sem transtorno algum e muito prático para nós que moramos na comunidade. Eu já estava preocupada justamente porque não pude ir até outro ponto e estava com a vacinação atrasada”, declara.

Centro de Atendimento ao Turista (CAT)

O ponto móvel do Centro de Atendimento ao Turista (CAT) teve início na quinta-feira (9). Localizado nas proximidades do totem Eu Amo Maceió, no bairro de Ponta Verde, a unidade está aberta de domingo a domingo, vacinando os moradores da região e, inclusive, visitantes que ainda não tenham se vacinado ou que precisam completar seu ciclo vacinal.

A enfermeira supervisora do CAT Móvel da Ponta Verde, Patrícia Rosendo, diz que esse novo momento da vacinação foi necessário e está trazendo bons resultados. “Estamos abrangendo a vacinação tanto para os maceioenses quanto para os turistas. O retorno da população em relação ao CAT Móvel tem sido positivo porque permitiu aos turistas e moradores deste bairro de garantir sua imunização”, relata.

Hamilton Silva Junior é morador do bairro da Ponta Verde e aprovou a iniciativa da Prefeitura de Maceió. “Foi ótimo poder vir me vacinar bem perto da minha casa, sem precisar me locomover para um ponto de vacinação mais distante”, comenta.

“A descentralização foi necessária para atingir um maior público. Aqui, podemos captar pessoas que estão indo para outra cidade ou vindo para a nossa. Desde a abertura deste ponto, o fluxo está sendo de moderado a intenso. Muitas pessoas que estavam com a segunda dose atrasada ou precisavam tomar a dose de reforço aproveitaram a oportunidade e garantiram a sua dose”, destaca.

Celeridade

“Ainda estamos recebendo muitas pessoas no ponto do Maceió Shopping, mas, devido à descentralização, percebemos que a população também está procurando outros locais, a exemplo das Unidades Básicas de Saúde. Isso acabou desafogando os pontos fixos e uniu o útil ao agradável, pois, nesses locais, o usuário pode procurar tanto a imunização contra a Covid-19, como outros serviços de prevenção e tratamento ofertados nas unidades”, destaca Ana Carolina Menezes, enfermeira supervisora do ponto fixo de vacinação do Maceió Shopping.

“Ainda estamos vivendo numa pandemia, mas, infelizmente, ainda tem gente que pensa o contrário. Surgiu uma nova variante do vírus e nós não sabemos o dia de amanhã, por isso, as pessoas precisam se conscientizar e se cuidar. Todos nós vimos que os casos de contaminação e mortes por Covid reduziu bastante, e isso foi graças à vacina. Por isso, eu estarei aqui para tomar quantas doses forem necessárias”, enfatiza a psicóloga Lilian Melo, que foi até o Maceió Shopping para tomar a terceira dose.

Projeto ‘Saúde Vai Até Você’

A Prefeitura iniciou, na terça-feira (14), o projeto Saúde Vai Até Você. A iniciativa leva os serviços aos mercados públicos e feiras livres de Maceió no horário das 9h às 16h. O projeto passará por vários locais até o dia 4 de janeiro.

Serão disponibilizados vacinação contra a Covid-19; atendimentos com nutricionista, psicólogo e assistente social; testes rápidos para detecção de sífilis, HIV e hepatites virais; cuidados com a saúde do trabalhador e saúde do homem; além de orientações em saúde bucal.

Unidades de saúde que funcionam de segunda a sexta, das 9h às 21h

  • Osvaldo Brandão Vilela (Ponta da Terra);
  • Durval Cortez (Prado);
  • Pitanguinha;
  • Antônio de Pádua (Petrópolis);
  • José Tenório (Serraria);
  • Hamilton Falcão (Benedito Bentes);
  • Tereza Barbosa (Eustáquio Gomes);
  • Maria Conceição Fonseca Paranhos (Jacarecica).
  • Unidades de saúde que funcionam de segunda a sexta, das 9h às 16h
  • II Centro de Saúde (Praça da Maravilha, Poço);
  • PAM Salgadinho (Poço);
  • Roland Simon (Vergel);
  • Unidade Docente Assistencial Cesmac (Farol);
  • José Guedes de Farias (Conjunto Medeiros Neto, Santa Amélia);
  • Cláudio Medeiros (Rio Novo);
  • São Jorge;
  • Paulo Leal (Feitosa);
  • Aliomar Lins (Benedito Bentes);
  • Arthur Ramos (Henrique Equelman);
  • Pimentel Amorim (Salvador Lyra);
  • Marlene Lanverly (Santa Lúcia);
  • UDA Unit (Cruz das Almas).

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados