UPA Jacintinho completa dois anos de funcionamento com mais de 180 mil alagoanos atendidos

Unidade foi a primeira em Alagoas a ser construída e mantida, exclusivamente, com recursos do Estado

UPA Jacintinho completa dois anos de funcionamento com mais de 180 mil alagoanos atendidos

Unidade foi a primeira em Alagoas a ser construída e mantida, exclusivamente, com recursos do Estado

Por Assessoria | Edição do dia 1 de novembro de 2021
Categoria: Alagoas, Saúde | Tags: ,,,


Neste 1º de novembro, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Drº Ismar Gatto, localizada no bairro do Jacintinho, em Maceió, completa dois anos de pleno funcionamento, com 183.123 alagoanos atendidos. A unidade é referência em assistência pré-hospitalar e recebe, além de moradores do Jacintinho, usuários residentes no Feitosa, Barro Duro, São Jorge, Serraria, Ipioca, Pescaria, Riacho Doce, Garça Torta, Guaxuma, Jacarecica e Cruz das Almas.

UPA Jacintinho foi inaugurada no dia 1º de novembro de 2019. Foto: Thiago Sampaio

Ao todo, foram realizados 371.015 procedimentos, sendo 52.197 exames laboratoriais e 33.165 exames de Raios-X. A unidade também fez 7.517 atendimentos na área do serviço social, 153.317 na clínica geral, 18.454 na pediatria, 2.150 na odontologia e 8.202 na ortopedia.

A UPA Jacintinho é do tipo III e possui 19 leitos, sendo 15 de observação e quatro de urgência. Funcionando 24 horas por dia, a unidade atende, em média, 310 pacientes, que procuram por assistência intermediária entre a Atenção Básica e a Média e Alta Complexidade. O equipamento de saúde disponibiliza assistência pediátrica, clínica, ortopédica e odontológica, divididas em seis consultórios médicos.

Para o gerente administrativo da UPA Jacintinho, Antônio Guilherme Neto, a unidade tem prestado e continuará desenvolvendo atendimento humanizado para a população que tanto precisa de uma assistência médica na região. “É com muita gratidão que celebramos, nesta segunda-feira [1º], o aniversário da UPA Dr. Ismar Gatto. São dois anos de serviços prestados à população alagoana com comprometimento e humanização aos usuários. Tenho muita gratidão a toda equipe da unidade, que é a verdadeira responsável no acolhimento ao paciente”, disse.

A UPA Jacintinho foi a primeira em Alagoas a ser construída e mantida, exclusivamente, com recursos da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), fazendo parte do Plano de Regionalização da Assistência Pré-Hospitalar em Alagoas. Além dela, Maceió conta com as UPAs Tabuleiro do Martins e Cidade Universitária, construídas integralmente com recursos próprios do Governo do Estado.

A capital tem, ainda, as UPAs Trapiche da Barra e Benedito Bentes, que foram equipadas pelo Estado e entregues à população. Também serão inauguradas, em breve, as UPAs Jaraguá e Chã da Jaqueira, em Maceió, e a UPA Arapiraca, sendo todas construídas com recursos próprios do Governo de Alagoas.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, a unidade é de suma importância para que a população alagoana, que reside nas regiões próximas ao Jacintinho, tenha acesso a um primeiro atendimento de qualidade.

“É muito importante que as pessoas tenham acesso à saúde próximo das suas casas e que não tenham que se deslocar para longe para ter acesso à assistência pré-hospitalar. Além disso, nossa luta é para descongestionar o HGE (Hospital Geral do Estado) e as UPAs servem para isso. Proporcionar um atendimento mais ágil e próximo a população”, salientou.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados