Uncisal lança edital que garante Auxílio Internet para os estudantes

Benefício é direcionado aos estudantes que vivem em situação de vulnerabilidade e não têm acesso à internet para acompanhamento das atividades não presenciais

Por Agência Alagoas | Edição do dia 19 de agosto de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,


Ascom Uncisal

Com o objetivo de garantir a inclusão digital dos estudantes que vivem em situação de vulnerabilidade socioeconômica e que não têm acesso à internet para acompanhamento das atividades não presenciais, a Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas – Uncisal, através da Pró-Reitoria Estudantil (Proest), lança o Edital do Auxílio Internet em Caráter Emergencial, dentro do Programa de Acessibilidade Digital da Uncisal (PADU). Para conferir o edital basta acessar o site uncisal.edu.br.

O auxílio internet terá o valor mensal de R$ 100,00 (cem reais) que será depositado numa conta pessoal do estudante e terá a duração de seis meses. O edital é destinado a estudantes matriculados e com frequência regular em qualquer curso de graduação presencial na Uncisal. Os primeiros classificados estarão imediatamente habilitados para o provimento de 200 vagas, e os demais serão chamados para habilitação por meio da atualização de dados, à proporção que forem surgindo novas vagas.

A Uncisal é a primeira instituição pública de ensino superior de Alagoas a lançar um edital com este foco. A proposta do Programa de Acessibilidade Digital da Uncisal (PADU) foi levada para a Secretaria de Estado da Fazendo (Sefaz) e elogiada pelo secretário George Santoro. Em reunião com o reitor Henrique Costa e a vice-reitora Ilka Soares, o secretário destacou o empenho da Uncisal para promover a formação dos estudantes.

“A Uncisal está encontrando caminhos em meio a essa pandemia. Não é fácil para uma instituição pública, mas estamos conseguindo. Parabenizamos toda a equipe pelo empenho, em especial à vice-reitora Ilka Soares, à pró-reitora Liliane Dizeu e a todos os técnicos da Proest na elaboração deste edital. Estamos muito felizes porque em breve voltaremos, inicialmente de forma não presencial e aos poucos vamos retomando a normalidade”, disse o reitor Henrique Costa.

De acordo com a vice-reitora Ilka Soares, o secretário George Santoro se propôs de imediato a colaborar e ajudar financeiramente a Uncisal nesta iniciativa. “O apoio da Sefaz foi essencial para a Uncisal conseguir promover a acessibilidade digital. Desde o primeiro momento o secretário George Santoro decidiu nos apoiar por reconhecer a importância de garantir aos nossos estudantes o acesso à internet para acompanhamento das atividades não presenciais”, destacou a vice-reitora Ilka Soares.

De acordo a pró-reitora Estudantil, Liliane Dizeu, os estudantes que são bolsistas de outros programas, como o Programa de Permanência Universitária – PPU (PROEST), PIBIC, PIBIT, CEDIM/Saúde da Mulher e do idoso (Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação – PROPEP/UNCISAL), PET (Pró-reitoria de Ensino e Graduação – PROEG/UNCISAL) ou que recebam qualquer tipo de auxílio financeiro/bolsa da Uncisal poderão concorrer a esse edital.

“O lançamento do edital do auxílio internet é uma grande conquista para a Universidade e os estudantes. É o resultado de um amplo debate realizado pela comunidade da Uncisal, gestão, cursos e discentes, o qual possibilitou a elaboração de uma proposta de retorno às aulas na modalidade remota, que nos deu credibilidade diante dos órgãos públicos competentes”, declarou a pró-reitora.

Inscrições

As inscrições do Processo Seletivo do Programa de Acessibilidade Digital 2020 acontecem até esta quinta-feira (20). O resultado preliminar será divulgado dia 24 de agosto na página da Proest e o resultado final será publicado dia 28 de agosto.

A Pró-reitoria Estudantil fará o acompanhamento e a fiscalização do programa de inclusão digital, além de verificar junto aos órgãos competentes se o estudante bolsista tem participado das atividades não presenciais regidas pela resolução do CONSU nº. 07/2020, de 14 de julho de 2020, sob pena de cancelamento do benefício.

“Qualquer mudança socioeconômica deve ser comunicada pelo estudante à Proest. Em caso de desistência, reprovação, trancamento ou conclusão do curso, ele também deve solicitar imediatamente o cancelamento do auxílio”, concluiu a pró-reitora Liliane Dizeu.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados