Ufal participa de atividades em Defesa do Rio São Francisco na quinta-feira (3)

Ufal participa de atividades em Defesa do Rio São Francisco na quinta-feira (3)

Por Ascom Ufal | Edição do dia 2 de junho de 2021
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,


O professor Emerson Soares, do Campus de Engenharias e Ciências Agrárias (Ceca) da Universidade Federal de Alagoas, é um dos palestrantes do webinário sobre Flexibilização das vazões e seus impactos na Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, que será realizado na quinta-feira (3), de 16h às 18h. Na oportunidade, será deflagrada a 8ª Campanha Eu viro carranca para defender o Velho Chico que tem como objetivo chamar atenção para os graves problemas que afetam o rio. A campanha de 2021 tem como tema Velho Chico para todos.

Promovido pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), o webinário contará ainda com a participação da professora Yvonilde Medeiros, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), e Antônio Augusto Borges, consultor da Agência Nacional de Águas (ANA). O debate terá como moderador o ambientalista e presidente do Comitê do São Francisco, Anivaldo Miranda.

Ao destacar o dia 3 de junho, como Dia Nacional em Defesa do Rio São Francisco como forma de chamar atenção para a política das vazões e seus impactos na bacia do Velho Chico, Miranda reforça a importância da Ufal, como parceira de várias atividades para o fortalecimento dessa luta com ampla frente de trabalho em prol do Velho Chico.

“As pesquisas desenvolvidas pela Ufal, proporcionadas pelas edições das Expedições Científicas, têm ajudado a produzir dados que o Comitê se apoia para as difíceis discussões travadas em prol da Bacia do São Francisco. A exemplo dos usos múltiplos das águas do Velho Chico e defesa e não apenas, hegemonicamente, para a geração de energia, assim como manter a saúde dos ecossistemas”, enfatizou o presidente.

O webinário Flexibilização das vazões e seus impactos na Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco será transmitido pelo Canal CBH São Francisco no Youtube.

Campanha

Devido à pandemia da covid-19, a campanha deste ano, com lançamento oficial no dia 3, será totalmente on-line. Sobre a escolha do mote Velho Chico para todos, Anivaldo reforça que o rio é de todos e para todos e que há a necessidade de concretizar o Pacto das Águas.

“Queremos com esse mote expressivo, sinalizar que as águas do São Francisco estão cada vez mais vocacionadas, bem como os seus reservatórios, para os usos múltiplos. Queremos sinalizar que todos que se beneficiam das águas do Velho Chico devem ter compromisso com a sua preservação e com a saúde do seu ecossistema. Queremos sinalizar que este é um momento de conscientização geral para defender o rio de forma muito concreta”, disse Miranda. E complementa: “Devemos tirar, de fato, da gaveta, o Programa de Revitalização. Devemos mobilizar a sociedade para que os instrumentos de gestão sejam universalizados na Bacia do São Francisco”.

Informações sobre a campanha Eu viro carranca para defender o Velho Chico estão disponíveis aqui

Imagem: Ascom Ufal

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados