Ufal lança edital para auxiliar estudantes durante Período Letivo Excepcional

Serão ofertados pacotes de até 40 GB mensais aos selecionados, por meio da distribuição de chips

Por Assessoria | Edição do dia 9 de setembro de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,


Foto: Reprodução

A pandemia de covid-19 trouxe grandes mudanças em todo o mundo, muitas delas na área da educação. Aulas suspensas ou realizadas de forma remota são a nova realidade de praticamente todos os estudantes. Na Universidade Federal de Alagoas, após cinco meses de suspensão do calendário acadêmico, o Conselho Universitário decidiu pelo retorno às aulas de forma remota em caráter excepcional. Veja matéria aqui.

Para que o ensino seja realizado de forma igualitária e sem exclusões, uma das premissas ao retorno será a implantação do projeto Alunos Conectados Ufal, que deve regulamentar as rotinas e os procedimentos necessários à realização do processo seletivo para acesso à internet. A ideia é possibilitar aos estudantes de graduação ou da Escola Técnica de Artes a realização de suas atividades acadêmicas durante o Período Letivo Excepcional (PLE).

A partir desta quarta-feira (9), estudantes devidamente matriculados na graduação ou na ETA, cuja renda familiar per capita seja de até um salário mínimo e meio mensal, poderão se inscrever no projeto, que deve selecionar estudantes para o recebimento de pacotes de dados de internet de cinco até 40 Gigabytes mensais, por meio da distribuição de 11.313 chips de telefonia móvel de empresas selecionadas por meio de convênio com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e o Ministério da Educação (MEC).

Segundo o pró-reitor Estudantil, Alexandre Lima, a importância do edital Alunos Conectados Ufal é garantir o acesso à internet aos estudantes em perfil de vulnerabilidade socioeconômica. “Trata-se de uma parceria com a RNP e o MEC, que irá prover chips com pacote de dados, para permitir a inserção dos estudantes em vulnerabilidade no Período Letivo Excepcional que o Conselho Universitário acabou de aprovar”, explicou.

Para a inscrição, o estudante que atenda ao pré-requisito deve preencher a Declaração de Composição Familiar e Renda e enviar até as 17h do dia 15 de setembro, exclusivamente por meio do preenchimento do formulário que se encontra disponível no endereço eletrônico.

“A partir da aprovação da resolução do PLE, a Ufal discutirá, agora, o calendário acadêmico para definir quando as atividades remotas serão iniciadas. A expectativa da Universidade, em especial dos estudantes, é retomar com as atividades de ensino em outubro”, afirmou o pró-reitor.

A lista de estudantes selecionados será divulgada no dia 17 de setembro de 2020, no portal. Confira o edital completo aqui.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados