Uefa reforça apoio a Platini e quer “julgamento justo”

Por | Edição do dia 15 de outubro de 2015
Categoria: Esportes


PLATINI.1O Comitê  Executivo da Uefa e as 54 confederações que compõem a entidade se reuniram nesta quinta-feira em Nyon, na Suíça, e manifestaram apoio a Michel Platini, suspenso por 90 dias devido às investigações da Justiça do país sobre recebimento de verba das contas da Fifa em 2011.

O encontro foi presidido por Ángel María Villar, e o secretário-geral do órgão, Gianni Infantino, explicou sobre a condição do espanhol. “Villar não é presidente interino, é o primeiro vice-presidente que atua como tal à revelia do presidente”.

Mesmo com a suspensão, Platini segue como candidato à presidência da Fifa. As eleições estão marcadas para o dia 26 de fevereiro de 2016, e o grande obstáculo do cartola seria a realização da campanha, uma vez que não poderá trabalhar nela, no mínimo, até a segunda semana de janeiro.

Porém, a Uefa reforçou seu apoio a Platini em comunicado oficial divulgado após a reunião. “Apoiamos o direito de Michel Platini ao devido processo, a um julgamento justo e oportunidade de limpar seu nome. Nós apelamos fortemente a todas as instâncias envolvidas no processo: Comitê de Ética da Fifa, Comitê de Apelação da Fifa e, por último, Corte Arbitral do Esporte, para trabalhar rapidamente e garantir que haja uma decisão final do caso, no máximo, até o meio de novembro de 2015”.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados