Tubulação que irá conduzir efluentes do riacho Salgadinho começa a ser implantada

Mais de vinte intervenções estruturais estão programadas para contribuir diretamente na recuperação de áreas degradadas

Tubulação que irá conduzir efluentes do riacho Salgadinho começa a ser implantada

Mais de vinte intervenções estruturais estão programadas para contribuir diretamente na recuperação de áreas degradadas

Por Assessoria | Edição do dia 24 de dezembro de 2021
Categoria: Meio Ambiente | Tags: ,,,


A Prefeitura de Maceió, por meio do programa Maceió Tem Pressa e do projeto ‘Renasce Salgadinho’, deu início, na Avenida Assis Chateaubriand, às obras de implantação dos tubos que irão receber os efluentes que antes desaguavam no Riacho e agora serão conduzidos para o emissário submarino para, então, receber o tratamento adequado.

Foto: Reprodução

Na tarde desta quinta-feira (23), cerca de 20 operários vão trabalhar diariamente durante o turno da manhã e tarde, para que os serviços sejam executados. Cerca de 2400 metros de tubulação, de 730 milimetros, serão colocados em uma profundidade média de 1,70m, que vai da foz do Salgadinho até o emissário.

As intervenções acontecem em sua totalidade no calçadão da Praia da Avenida e não irão interferir no fluxo de veículos na região. Durante todo o período de execução da obra, haverá isolamento e sinalização do local, atendendo, assim, a todos os protocolos de segurança operacional.

“Estamos acelerando as intervenções que compõem essa primeira etapa do projeto ‘Renasce Salgadinho’, para que o período chuvoso de 2022 não traga tantos transtornos em nosso cronograma de obras, que é muito extenso”, disse Marcelo Maia, coordenador da Unidade de Gerenciamento do Programa (UGP).

Marcelo explicou ainda como vai funcionar a ligação das estações elevatórias com o emissário e destacou a importância da obra. “Todo esgoto lançado de maneira irregular no Riacho acaba indo parar na Praia da Avenida e, por meio do Renasce Salgadinho, essa realidade vai mudar. Com as estações elevatórias, os efluentes serão conduzidos pela linha de recalque, que são essas tubulações que estão sendo implantadas, tanto na Gustavo Paiva, como na Assis Chateaubriand, para que todos os dejetos cheguem ao emissário, o destino correto. É uma obra muito importante, que vai mudar a cara de Maceió. Aliado com outras ações que serão desenvolvidas em paralelo, o Salgadinho deixará de receber esgotos clandestinos”, finalizou.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados