Tricampeão, Marilson vê chance grande de vitória brasileira na Corrida de São Silvestre

Prova acontece nesta sexta-feira (31)

Tricampeão, Marilson vê chance grande de vitória brasileira na Corrida de São Silvestre

Prova acontece nesta sexta-feira (31)

Por Agência Brasil | Edição do dia 30 de dezembro de 2021
Categoria: Esportes | Tags: ,,,


A 96ª edição da Corrida Internacional de São Silvestre será realizada nesta sexta-feira (31). Protagonista da última vitória do Brasil na tradicional prova pelas ruas de São Paulo, alcançada na temporada de 2010, o tricampeão Marilson Gomes dos Santos acredita na possibilidade de ver o tabu finalmente encerrado.

Foto: Wagner Carmo/CBAt.

“Nesse ano, as chances são reais de um brasileiro vencer a prova novamente. A gente tem o Danielzinho do Nascimento, que vem numa excelente forma, competindo muito bem. Fez uma excelente maratona, está no melhor momento da carreira. A chance de um brasileiro estar no lugar mais alto do pódio é grande”, afirmou.

Admirado por Marilson, Daniel Ferreira do Nascimento completou a Maratona de Valência no nono lugar ao registrar a marca de 2h06min11s no último dia 5 de dezembro. É o segundo melhor tempo obtido por um atleta sul-americano na história, apenas 6s atrás do recordista continental Ronaldo da Costa.

Confira este e outros vídeos em videos.gazetaesportiva.com
“É uma corrida muito tradicional, que me projetou para o cenário nacional e internacional”, disse Marilson, sobre a São Silvestre. “Eu acompanho desde criança, das primeiras transmissões. É uma honraria muito grande participar da prova. Graças a Deus, consegui participar e vencer”, completou.

Marilson ganhou a São Silvestre em 2003, 2005 e 2010 e também venceu as edições de 2006 e 2008 da Maratona de Nova York. Nesta sexta-feira, aos 44 anos, o ex-fundista voltará a participar da prova paulistana, desta vez como líder de um pelotão de 10 pessoas entre atletas de outras modalidades, colaboradores e médicos da Prevent/NewOn.

“A minha época passou, né? Foi outra época. Agora, é aproveitar mais o percurso. Estou do outro lado, do da maioria, para festejar o último dia do ano, completar a prova de uma maneira mais light. Enfim, é aproveitar também essa grande prova de uma maneira diferente, com um outro olhar”, afirmou o tricampeão.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados