Transparência: AL e ONU-Habitat ampliam acesso de dados sobre grotas de Maceió

Disponível no Alagoas em Dados, Painel das Grotas reúne cerca de 3100 mapas sobre as condições urbanas dos aglomerados subnormais da capita

Transparência: AL e ONU-Habitat ampliam acesso de dados sobre grotas de Maceió

Disponível no Alagoas em Dados, Painel das Grotas reúne cerca de 3100 mapas sobre as condições urbanas dos aglomerados subnormais da capita

Por Redação* | Edição do dia 15 de março de 2021
Categoria: Alagoas, Maceió, Notícias | Tags: ,,,


Foto: Reprodução

Uma agenda que vem ganhando cada vez mais importância na administração pública é a de dados e informações. Aqui em Alagoas, o Governo do Estado já é referência no tema e tem priorizado, também, a ampliação dele para o aprimoramento das condições urbanas das grotas de Maceió. O resultado dessa parceria é o Painel das Grotas, plataforma interativa que reúne a maior série de dados sobre o tema no estado.

Disponível no Portal Alagoas em Dados, a ferramenta é parte de um grupo de painéis dinâmicos com informações que podem ser utilizadas para transformar a vida de muitos alagoanos. Para quem deseja entender mais aspectos da dinâmica das grotas da capital, a plataforma traz diversos dados e cerca de 3100 mapas sobre o assunto, tudo isso de forma personalizável.

“O painel funciona como diagnóstico geral e temático de fácil leitura e visualização das áreas de maior vulnerabilidade em relação à infraestrutura. Com isto, permite subsidiar a tomada de decisão dos gestores públicos, apontando quais áreas podem ser priorizadas para futuras intervenções e melhor aplicação de investimentos públicos”, explica a oficial nacional para o Brasil do ONU-Habitat, Rayne Ferretti.

Por meio da plataforma, é possível ter acesso a informações de infraestrutura e mobilidade, transporte, moradia, água, esgoto, drenagem, lixo, energia, iluminação, entre outras. Ao acessar o painel, que foi desenvolvido pela Superintendência de Produção da Informação e do Conhecimento (Sinc) da Seplag, o cidadão consegue obter todos esses dados de uma maneira interativa, aplicando filtros de busca e de visualização em gráficos e mapas e restringindo ou ampliando o panorama de informações das quais necessita.

“Nós ficamos extremamente felizes em ver o que produzimos em parceria com o Governo de Alagoas sendo disponibilizado gratuitamente para todas e todos os alagoanos de forma pioneira e fruto de muito esforço e dedicação da equipe da Seplag. Esperamos que os gestores, a academia e os diversos setores da sociedade se apropriem dessas informações e que elas sirvam como um instrumento potencializador de políticas públicas e, consequentemente, de melhoria da qualidade de vida dos maceioenses”, afirma Ferretti.

De acordo com o secretário do Planejamento e Gestão de Alagoas, Fabrício Marques, o intuito é justamente fazer com que as informações que já auxiliaram o governo a aprimorar as condições de vida nas grotas agora sejam também utilizadas por mais agentes que possam somar nessa mudança.

“A construção coletiva, a participação ativa social, é indispensável para que consigamos garantir mais avanços não só na capital alagoana, mas em todo o estado. Nosso intuito é que esses dados possam ir cada vez mais além e que sejam utilizados como base na proposição de políticas públicas assertivas para quem mais precisa”, pontua o titular da Seplag.

Para encontrar esses e outros dados sobre o estado, basta acessar o site dados.al.gov.br.

 

Com: Assessoria

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados