Toda ao vivo, a programação do Palco Virtual de setembro, no Itaú Cultural, tem estreias e sessões fixas de leituras e encenações

Um ciclo de leituras integra a programação em todas as segundas-feiras, abrindo com as atrizes Helena Ranaldi e Maria Fernanda Cândido, na primeira semana, e com Paulo Goulart e elenco na seguinte.

Por Assessoria | Edição do dia 3 de setembro de 2020
Categoria: Cultura


Setembro traz programação online ao vivo, no Itaú Cultural, com estreias e novidades na grade do Palco Virtual, agora apresentada via Zoom. A partir do dia 7, às segundas-feiras e terças-feiras ela se volta para o público adulto e aos sábados e domingos para as crianças. Neste mês tem leituras e espetáculos adaptados ou já criados para o ambiente virtual, sendo boa parte apresentados pela primeira vez para o público. As reservas de ingressos online têm início 15 dias antes das apresentações, como antes do período de suspensão social, mas, agora devem ser feitas pela plataforma Sympla (confira abaixo as datas das reservas para cada bloco de espetáculos).

A programação abre na primeira segunda-feira do mês, dia 7, às 20h, com um Ciclo de Leituras feitas pelas atrizes Helena Ranaldi e Maria Fernanda Cândido para a primeira interpretação lida de Que os Mortos Enterrem os Seus Mortos. No texto de Samir Yazbek dirigido por Marcelo Lazzaratto, uma mulher tenta recomeçar a sua vida no Líbano, terra de seus ancestrais, e se surpreende com a visita da mãe, já falecida, insistindo para que ela volte ao Brasil.

Com direção de Lazzaratto, mãe e filha, com dilemas parecidos, são trazidas à cena pela leitura de duas atrizes de gerações próximas, na busca de horizontalizar essa relação entre as personagens. “Em vez de pensar na idade delas, a ideia é tirar a hierarquia dessa conversa e trazer a mãe na idade em que supostamente morreu”, conta o diretor. “Trata-se de uma jornada da filha para entender o seu pertencimento. Onde será que ela se adequa? Qual o seu lugar?”

Yazbek aprofunda seu mergulho nas origens libanesas em Que os Mortos Enterrem os Seus Mortos, depois de uma primeira incursão na temática em 2010, com a peça As Folhas do Cedro, com a qual conquistou o prêmio APCA de Melhor Autor naquele ano. No texto atual, o foco está no embate entre a tradição e a modernidade, uma das marcas de sua obra. “Esse é o coração do texto. É a partir desse contraste que a peça se desenvolve”, diz.

Na segunda-feira seguinte, dia 14, o Ciclo de Leituras apresenta Enquanto Chovia, dramaturgia de Nina Ximenes que faz os personagens Romeu e Julieta se reencontrarem depois de 40 anos, em uma sala de prática de yoga. Neste drama, com tom cômico, lido pelos atores Paulo Goulart Filho e Camilo Bevilacqua e pelas atrizes Bruna Ximenes e Eliana Guttman, o lendário casal imortalizado por Shakespeare fica sozinho sob o mesmo teto devido uma forte chuva. Assim, os dois passam a relembrar o passado e o motivo pelo qual se separaram.

A situação tensa e conflituosa traz à tona fatos e segredos, além de discutir, nas entrelinhas, temas como a falta de diálogo, o perdão, a vingança e o amor. A alusão ao clássico shakespeariano está nos nomes dos protagonistas e na inclusão de frases da obra original.

Nas duas primeiras terças-feiras, a sessão do Palco Virtual é voltada para adultos e traz a estreia de , espetáculo de teatro com texto e direção de Alex Gruli, a ser apresentado ao vivo nos dias 8 e 15. Inspirada pelo atual momento de isolamento social, a peça reúne Alex Gruli, Fernando Neves, José Roberto Jardim e Kátia Daher – artistas da formação inicial da Cia. Os Fofos Encenam – no papel de quatro parentes que se encontram em uma sala online para acompanhar o desligamento dos aparelhos que mantêm uma integrante da família viva no hospital.

Como passam por uma pandemia, todos estão isolados e apenas um dos personagens está presencialmente no hospital, onde acompanha os acontecimentos. De lá, ele fala virtualmente com os demais familiares e juntos resolvem questões internas de relacionamento, relembram histórias da parente hospitalizada e se despedem dela.

Os atores definem como instigante o desafio de utilizar uma ferramenta de conversa virtual para criar e realizar um espetáculo nos tempos atuais de isolamento, renunciando à presença, que é um dos preceitos do fazer teatral. “Isso é o artista furando, abrindo uma brecha na impossibilidade”, analisa Neves.

Para as crianças

Assim como para os adultos, a programação do Palco Virtual oferece atividades para as crianças em sessões fixas, com apresentações ao vivo aos sábados e domingos, sempre às 15h. A abertura

fica por conta da primeira montagem online da peça Felpo Filva, que será apresentada nos dias 12, 13, 19 e 20 de setembro (sábados e domingos).

Adaptação do dramaturgo e diretor Marcelo Romagnoli para o livro homônimo da escritora Eva Furnari, a peça conta a história de um coelho poeta solitário, que escreve coisas bonitas, mas muito tristes. Um dia, ele se surpreende com a chegada de um envelope lilás, amarrado com fita de cetim, que vai transformar a sua vida.

O ator Marat Descartes e a atriz Gisele Calazans, sob direção de Claudia Missura, utilizam no espetáculo, de maneira divertida, diversos gêneros de texto, como poema, fábula, carta, bula, receita e até autobiografia, proporcionando ao público um contato com as várias formas de comunicação. O objetivo é celebrar o amor.

Próximos palcos

O Itaú Cultural segue com a programação cênica ao vivo do Palco Virtual até o fim de setembro.

Nas duas últimas semanas, o Ciclo de Leituras traz sessões dedicadas a textos de novos dramaturgos que participaram das duas turmas do curso EAD Dramaturgia Negra – A Palavra Viva, realizado pelo Itaú Cultural. Em cada segunda-feira serão apresentadas cinco cenas curtas criadas por alunos de diferentes partes do país, em resposta a exercícios realizados durante as duas edições do curso. Os encontros têm mediação da dramaturga Dione Carlos, que esteve à frente das aulas, e recebe dramaturgas convidadas, a cada semana, para refletirem com os participantes sobre as produções apresentadas. No dia 21, a convidada é Fernanda Júlia Onisajé e no dia 28, Cristiane Sobral.

No mesmo período, as sessões de teatro das terças-feiras, dias 22 e 29 de setembro, apresentam o espetáculo Villa, do dramaturgo chileno Guillermo Calderón dirigido por Diego Moschkovich, que estreou em 2018 e agora é reencenado em versão online. No último final de semana do mês, dias 26 e 27, a programação do sábado e domingo para as crianças é comandada pela Caravana Tapioca com Cavaco e Sua Pulga.

PROGRAMAÇÃO:

De 7 a 20 de setembro

 

Ciclos de Leituras

7 de setembro (segunda-feira), às 20h

Que os Mortos Enterrem os Seus Mortos

Duração: 60 minutos (leitura seguida de bate-papo)

Classificação indicativa: 14 anos

Local: via plataforma Sympla/Zoom

Capacidade 270 lugares

Ficha Técnica:

Texto: Samir Yazbek

Direção: Marcelo Lazzaratto

Elenco: Helena Ranaldi e Maria Fernanda Cândido

14 de setembro (segunda-feira), às 20h

Enquanto chovia

Duração: 60 minutos

Classificação Indicativa: 12 anos

Local: via plataforma Sympla/Zoom

Capacidade: 270 lugares

Ficha Técnica:

Dramaturgia: Nina Ximenes

Elenco: Bruna Ximenes, Camilo Bevilacqua, Eliana Guttman e Paulo Goulart Filho

Espetáculos

 

Para adultos: 8 e 15 de setembro (terças-feiras), às 20h

Duração: 50 minutos

Classificação indicativa: 14 anos

Local: via plataforma Sympla/Zoom

Capacidade 270 lugares

Ficha Técnica:

Texto e direção: Alex Gruli

Elenco: Alex Gruli, Fernando Neves, José Roberto Jardim e Kátia Daher

Para crianças: 12, 13, 19 e 20 de setembro (sábados e domingos), 15h

Felpo Filva

Duração: 45 minutos

Classificação Indicativa: Livre

Local: via plataforma Sympla/Zoom

Capacidade: 270 lugares

Ficha Técnica:

Autora do livro homônimo: Eva Furnari

Adaptação:  Marcelo Romagnoli

Direção: Claudia Missura

Elenco: Marat Descartes e Gisele Calazans

Música: Tata Fernandes

Cenografia: Marco Lima

Iluminação: Marisa Bentivegna

Figurino:  Fábio Namatame

Animações: Marcos Faria

SERVIÇO:

Palco Virtual – Cênicas

Ciclo de Leituras – Segundas-feiras, às 20h

Espetáculos para adultos – Terças-feiras, às 20h

Espetáculos para crianças – Sábados e domingos, às 15h

Reservas de ingressos online:

A partir de 26 de agosto (quarta-feira), às 12h, para as apresentações:

Ciclo de Leituras – Que os Mortos Enterrem os Seus Mortos (7 de setembro)

Ciclo de Leituras – Enquanto chovia (14 de setembro)

Espetáculo / adultos –  (8 e 15 de setembro)

Espetáculo / crianças – Felpo Filva (12 e 13 de setembro)

A partir de 9 de setembro (quarta-feira), às 12h, para as apresentações:

Espetáculo / crianças – Felpo Filva (19 e 20 de setembro)

Ciclo de Leituras – Dramaturgia Negra: A Palavra Viva (21 de setembro)

Espetáculo / adultos – Villa (22 de setembro)

A partir de 16 de setembro (quarta-feira), às 12h, para as apresentações:

Espetáculo / crianças – Cavaco e sua Pulga (26 e 27 de setembro)

Ciclo de Leituras – Dramaturgia Negra: A Palavra Viva (28 de setembro)

Espetáculo / adultos – Villa (29 de setembro)

Confira no site do Itaú Cultural (www.itaucultural.org.br) o passo a passo para reservar o ingresso e acessar o espetáculo.

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados