“Tô com a Ufal”: Campanha do MPF busca financiar ações de combate à covid-19

Plano de ação com pesquisas e projetos foi desenvolvido pela Universidade Federal de Alagoas em parceria com a Fundepes; iniciativa privada é chamada a apoiar

Por Assessoria | Edição do dia 11 de setembro de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,


Hiago Rocha

O Ministério Público Federal (MPF) está realizando campanha institucional para arrecadar recursos a serem destinados a ações de combate ao novo coronavírus.

O objetivo é convidar a iniciativa privada e a sociedade alagoana a apoiarem o plano de ação da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) – em parceira com a Fundação Universitária de Desenvolvimento de Extensão e Pesquisa (Fundepes) – com pesquisas e projetos para enfrentamento da pandemia da covid-19, bem como para produção de materiais como máscaras, álcool em gel e saneantes a serem utilizados na comunidade acadêmica, Hospital Universitário e em outras instituições e espaços que necessitem destes itens. A mobilização é resultado de um Termo de Cooperação Técnica, assinado em junho.

Conforme o termo, a Ufal e a Fundepes elaboraram um plano, detalhando como serão utilizados os recursos repassados. Enquanto o MPF assumiu o papel de arrecadar recursos financeiros e insumos para a execução das atividades propostas.

Como doar – Para colaborar com a campanha, empresas e particulares interessados podem fazer doações pelas seguintes formas:

Conta Bancária:

Banco do Brasil

Agência: 3557-2

Conta Corrente: 8675-4

CNPJ: 12.449.880/0001-67

Destinatário: Parceria MPF/UFAL de combate à Covid-19

Você também pode utilizar o QR code da conta mencionada:

 QR_Code_fundepes.jpeg

Por meio do Mois, com opções de cartão de crédito, boleto, débito online ou débito em conta:

DOE VIA MOIP CLICANDO AQUI

Parceria – A Ufal, desde março de 2020, vem atuando com a Comissão de Gerenciamento para o combate à covid-19, coordenando e orientando diversas iniciativas, no âmbito da instituição. ⁣Com a parceria, os recursos arrecadados na campanha serão utilizados para a produção de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), saneantes, máscaras de tecido, respiradores, medicamentos; ou para pesquisas e estudos que beneficiem a sociedade alagoana, enfocando soluções e questionamentos dirigidos ao controle epidemiológico, o tratamento e a prevenção do novo coronavírus.⁣

Fiscalização – De acordo com o termo firmado, a Fundepes e a Ufal deverão, periodicamente, prestar contas referentes à aplicação dos recursos financeiros e dos insumos recebidos. Além disso, o MPF acompanhará e supervisionará a execução do que foi acordado, mediante vistorias, diretamente ou por meio de pessoas autorizadas.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados