Tereza Nelma pede prioridade na vacinação das comunidades Quilombolas de Alagoas

O Estado conta com 70 comunidades que vivem em situação de extrema pobreza, sem acesso aos protocolos básicos de segurança

Tereza Nelma pede prioridade na vacinação das comunidades Quilombolas de Alagoas

O Estado conta com 70 comunidades que vivem em situação de extrema pobreza, sem acesso aos protocolos básicos de segurança

Por Redação com Assessoria | Edição do dia 22 de março de 2021
Categoria: Alagoas


A deputada federal Tereza Nelma solicitou ao governador Renan Filho, por meio de ofício, a priorização dos quilombos na imunização contra COVID-19. No documento, a deputada diz que são 70 comunidades Quilombolas em todo Estado, com uma média de 180 a 200 famílias por comunidade e uma média de seis pessoas por domicílio.

De acordo com a parlamentar, as comunidades precisam ser priorizadas em razão da situação extrema de miséria, sem acesso a água de qualidade, o que os torna vulneráveis diante da pandemia já que as mãos devem ser higienizadas regularmente. Algumas, segundo a deputada, enfrentam casos de subnutrição e até de nanismo.

“Fiz esse apelo porque as comunidades precisam com urgência de um plano de ação para prevenção e enfrentamento da Covid-19; São pessoas que vivem em péssimas condições, que não conseguem seguir os protocolos básicos de segurança”, defende Tereza.
“Eles também estão sofrendo com a falta de alimentos, fator agravado consideravelmente pela pandemia e isso também os deixam mais vulneráveis”, ressaltou a deputada.

O pedido de Tereza Nelma também foi protocolado junto ao Ministério da Saúde para que essa prioridade seja contemplada no Plano Operacional da Estratégia de Vacinação do Brasil.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados