Taxa de feminicídio em Alagoas é a maior do País, aponta Mapa da Violência

Dados são comparativos entre 2018 e 2019, no qual os assassinatos contra a mulher cresceram 120%

Taxa de feminicídio em Alagoas é a maior do País, aponta Mapa da Violência

Dados são comparativos entre 2018 e 2019, no qual os assassinatos contra a mulher cresceram 120%

Por | Edição do dia 6 de março de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,,,


Reprodução da Internet

O Dia Internacional da Mulher em Alagoas pode não ser um dos melhores para se comemorar em 2020. Dados do Mapa da Violência divulgados pelo portal G1 mostram que os números de assassinatos contra mulheres no Estado mais que dobrou durante os dois últimos anos. Em 2019 foram registrados um crescimento de 2,5 para cada 100 mil habitantes do sexo feminino, o que fez a região nordestina se igualar ao Acre, sendo eles os dois locais com a maior taxa de feminicídio no país.

Os números aterrorizantes são feitos com base das informações geradas pelo Núcleo de Estudos da Violência, da Universidade de São Paulo (USP) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). A divulgação desses dados apontou que em 2018, Alagoas contabilizou cerca de 20 casos e em 2019 os registros somaram 44, um aumento absurdo de 120%.

Em todo o Brasil, São 1.314 mulheres mortas pelo fato de serem mulheres – uma a cada 7 horas, em média. O mapa trouxe também informações sobre os casos não considerados femincídios – homicídios dolosos – e o país apresentou uma queda de 14%, porém, em Alagoas, os números foram de 44 em 2018 para 45 no ano passado. A situação foi ainda pior em 2017, quando cerca de 74 crimes desse tipo forma catalogados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP/AL).

A pesquisa é feita com 26 Estados mais o Distrito Federal mostrando que a média geral do Brasil é 1,2 crimes para cada 100 mil mulheres. O ranking ficou com  Alagoas e o Acre dividindo os piores números seguidos por Mato Grosso (2,3), Mato Grosso do Sul (2,1) e o Distrito Federal (2,1).

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados