Foto: Sisu

A presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3), desembargadora Therezinha Cazerta, rejeitou na noite deste domingo (26) pedido da Advocacia-Geral da União (AGU) para derrubar a decisão que suspende a divulgação do resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) assim que as inscrições forem encerradas - às 23h59 deste domingo.

O governo ainda pode recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) ou ao Supremo Tribunal Federal (STF). Procurada pela TV Globo, a AGU disse que recorrerá da decisão da desembargadora, mas ainda avalia se o recurso será apresentado ao STJ ou ao STF.

 Com a decisão do TRF-3, segue em vigor a liminar (decisão provisória) concedida pela Justiça Federal de São Paulo - que impede que os resultados sejam divulgados na terça-feira (28), data estimada pelo governo.

Para a presidente do TRF-3, os entendimentos da Justiça Federal de São Paulo "nada mais fizeram do que proteger o direito individual dos candidatos do Enem a obterem, da administração pública, um posicionamento seguro e transparente a respeito da prova que fizeram".

"Dar prosseguimento ao cronograma, nessa direção, sem enfrentar adequadamente as consequências de algo ocasionado pela própria União Federal é que é um risco à política educacional do país, e não o contrário, porque implica, como fica claro do que consta nestes autos, validar os resultados de um exame, utilizando-o para definir o futuro das pessoas e balizar políticas públicas, sem que houvesse um grau mínimo de transparência a respeito dos pedidos apresentados pelos candidatos e uma reavaliação do impacto que o equívoco teve para os demais candidatos", afirma Therezinha Cazerta na decisão.

A 8ª Vara Cível de SP ordenou que o governo comprove que o erro na correção das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 foi totalmente solucionado.

Para a AGU, a decisão de São Paulo representa "prejuízo a todos os estudantes que obtiveram nota necessária e que não poderão ingressar desde logo e mais brevemente em instituição pública de ensino superior".

O que diz a desembargadora

Na decisão de 24 páginas, a desembargadora destacou que a suspensão de liminar é "um mecanismo processual excepcional", que não pode servir para corrigir uma decisão da instância inferior. Para ser concedida, deve afetar valores como saúde, segurança e economia pública.

Por isso, na avaliação dela, o argumento do governo de que um juiz de São Paulo não poderia ter decidido, porque uma ação parecida chegou primeiro na Justiça em Brasília, não serve para suspender a liminar. Conforme a desembargadora, cabe ao governo recorrer nas vias próprias para tentar enviar o processo para Brasília.

Therezinha Cazerta afirmou também que, segundo a Defensoria Pública da União em SP, "houve um equívoco na correção das provas" do Enem.

Segundo a desembargadora, há um problema "evidente" porque quase 6 mil candidatos tiveram as provas novamente corrigidas e também é preciso atentar para a metodologia aplicada aos demais candidatos.

"Assim, mais do que apenas corrigir as provas em que havia o erro gráfico - primeiro aspecto do problema - seria necessário colher uma nova amostra - fazendo-o de um universo em que todas as provas estivessem corretamente corrigidas -, calibrando os itens do exame novamente e produzindo, por consequência, uma nova correção de todas as provas, em que aplicados esses novos parâmetros."

Por essa razão, segundo Therezinha Cazerta, a Justiça de São Paulo pediu que o governo comprovasse que a situação foi resolvida. A desembargadora afirmou ainda que o governo não conseguiu comprovar que haverá prejuízo com a suspensão do processo do Sisu até uma averiguação detalhada.

Ela afirmou ainda que a situação provocou uma "crise" de "confiabilidade" em relação ao Enem. E que o governo não pode se recusar a dar uma "satisfação transparente".

"Os efeitos decorrentes da decisão do juízo de primeiro grau - a exigência de que o Estado forneça uma resposta transparente e adequada, mesmo que ausente mudança de nota, àqueles que o solicitaram - não são inócuos, mas, pelo contrário, traduzem-se na proteção aos direitos dos concorrentes ao exame de terem os esforços que despenderam na realização da prova respeitados pelo ente público", diz trecho da decisão.

Conforme a desembargadora, a decisão de primeira instância "exige, em síntese, que a União Federal aja com um mínimo de responsabilidade em relação à situação por ela própria criada, fornecendo uma resposta".

Para ela, o governo precisa responder se o erro "prejudicou ou beneficiou" alguém. "Nesse sentido, ao contrário do que consta na nota, a pergunta que incumbe à União Federal responder, de forma clara e direta é se a utilização de uma amostra em que contidas provas corrigidas equivocadamente prejudicou ou beneficiou algum candidato do Exame Nacional do Ensino Médio relativamente aos demais - algo que, reitere-se, não está claro dos autos", declarou Therezinha Cazerta.

O que diz o governo

No recurso de 60 páginas apresentado ao TRF-3, a AGU informou que não foi formalmente notificada da decisão da Justiça de São Paulo, mas que recorreu antes disso "diante do grave risco de lesão para todos os programas do Ministério da Educação de acesso à educação superior". Isso porque, ao suspender o Sisu após o prazo de inscrições, também podem ficar comprometidos o Prouni e o Fies.

O governo disse ao TRF-3 que, assim que os problemas foram detectados, tomou "todas as medidas administrativas necessárias para solução dos problemas" e que há diversas ações protocoladas no país, inclusive antes da que chegou em São Paulo, e por isso o juízo do estado não deveria ser responsável pelas ações. Para o governo, a Justiça do Distrito Federal recebeu antes um processo e, portanto, deveria ser a único responsável por analisar ações sobre o tema.

A AGU diz ainda que a Defensoria Pública, autora da ação que gerou a decisão, tem competência apenas para interesses de pessoas necessitadas. "A DPU não apresenta legitimidade para a defesa dos interesses específicos desse grupo de alunos sem que tenha sido feita uma avaliação do real estado da hipossuficiente desses alunos", afirma o recurso.

Falha no Enem

Na última segunda-feira (20), o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, disse que um erro na gráfica Valid Soluções S.A. provocou falha na correção de gabaritos.

Lopes afirmou que a gráfica imprime o caderno de questões do candidato, que é identificado com um código de barras do aluno. Depois, imprime o cartão de respostas (gabarito), que também tem um código. Outra máquina une estes dois documentos. O erro ocorreu nesta união e na geração do código de barras.

"O que acontece? A gráfica imprimiu a prova e um cartão resposta. Tem um código de barras do aluno. Uma outra máquina pega essa prova e faz a associação com o gabarito e grampeia. Neste momento, temos o código de barras da prova e o código de barras do cartão resposta. Há um casamento: a associação entre a prova e o participante. Neste processamento da gráfica foi onde ocorreram estas inconsistências", disse Lopes.

Segundo o Inep, órgão responsável pelo exame, após a revisão, foram identificados problemas em cerca de seis mil provas. Ao todo, 3,9 milhões de pessoas fizeram o Enem 2019.

thumbAmanhã (17), os quase 4 milhões de participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 terão acesso às notas que obtiveram na avaliação. Para acessar os resultados é preciso informar, na Página do Participante, o CPF e a senha cadastrados na hora da inscrição no exame.

Desde já, os estudantes podem se preparar para conferir as notas. Aqueles que não lembram a senha podem recuperá-la no próprio sistema. É possível acessar o resultado também pelo aplicativo do Enem.

LACLIM-1024x680

Para trazer mais comodidade aos usuários dos serviços do Laboratório de Análises Clínicas de Maceió (Laclim), a unidade começa a disponibilizar os  resultados dos exames também via internet, a partir desta quarta-feira (29).

Com a implantação do sistema online para impressão dos exames não será necessário que o usuário retorne ao Laclim para pegar o resultado de seu exame, podendo ter acesso pelo celular e imprimir no computador da sua casa ou de uma lan house, por exemplo, como explica a diretora da unidade, Kelma Félix.

“No momento em que a pessoa realizar o exame, receberá um login e uma senha. Com esse código, basta entrar no sistema e já terá acesso ao resultado do procedimento realizado aqui no Laclim”, frisa a diretora.

O secretário Municipal de Saúde José Thomaz Nonô vê a medida como avanço, que trará ainda economia ao paciente que não precisará se deslocar até o Laclim. “Além do conforto de ter acesso ao resultado o mais perto de casa possível, o usuário não precisará mais gastar com transporte, por exemplo. Essa é mais uma ação que estamos implantando pensando em oferecer o melhor serviço possível à população”, destacou.

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.107 da Mega-Sena. Os números sorteados neste sábado (15), em Criciúma (SC), foram os seguintes: 08, 38, 44, 50, 56 e 60. O prêmio estimado para o próximo sorteio, no dia 18, é de R$ 48 milhões.

Confira o rateio oficial:

Sena - 6 números acertados - Não houve acertador

Quina - 5 números acertados - 72 apostas ganhadoras, R$ 46.944,97

Quadra - 4 números acertados - 5454 apostas ganhadoras, R$ 885,33

QUINA

Nenhum apostador acertou as cinco dezenas do concurso 4.852 da Quina. Os números sorteados neste sábado (15), em Criciúma (SC), foram os seguintes: 19, 20, 43, 51 e 67. O prêmio estimado para o próximo sorteio, no dia 17, é de R$ 3 milhões.

Confira o rateio oficial:

Quina - 5 números acertados - Não houve acertador

Quadra - 4 números acertados - 105 apostas ganhadoras, R$ 3.894,48

Terno - 3 números acertados - 5768 apostas ganhadoras, R$ 106,60

Duque - 2 números acertados - 124189 apostas ganhadoras, R$ 2,72

TIMEMANIA

Nenhum apostador acertou as sete dezenas do concurso 1.270 da Timemania. Os números sorteados neste sábado (15), em Criciúma (SC), foram os seguintes: 08, 19, 27, 33, 46, 68 e 77. O prêmio estimado para o próximo sorteio, no dia 18, é de R$ 6 milhões.

Confira o rateio oficial:

7 números acertados - Não houve acertador

6 números acertados - 6 apostas ganhadoras, R$ 14.410,30

5 números acertados - 252 apostas ganhadoras, R$ 490,14

4 números acertados - 4330 apostas ganhadoras, R$ 6,00

3 números acertados - 39565 apostas ganhadoras, R$ 2,00

Time do Coração - CORINTHIANS/SP - 40528 apostas ganhadoras, R$ 5,00

DUPLA-SENA

Nenhum apostador acertou as seis dezenas das duas faixas do concurso 1.878 da Dupla-Sena. Os números sorteados neste sábado (15), em Criciúma (SC), foram os seguintes: 1º sorteio - 03, 18, 20, 23, 32 e 35; 2º sorteio - 07, 26, 32, 41, 47 e 48. O prêmio estimado para o próximo sorteio, no dia 18, é de R$ 5 milhões.

Confira o rateio oficial:

Premiação - 1º Sorteio

Sena - 6 números acertados - Não Houve ganhadores

Quina - 5 números acertados - 19 apostas ganhadoras R$ 3.989,68

Quadra - 4 números acertados - 1080 apostas ganhadoras R$ 80,21

Terno - 3 números acertados - 20668 apostas ganhadoras R$ 2,09

Premiação - 2º Sorteio

Sena - 6 números acertados - Não Houve ganhadores

Quina - 5 números acertados - 12 apostas ganhadoras R$ 5.685,30

Quadra - 4 números acertados - 913 apostas ganhadoras R$ 94,88

Terno - 3 números acertados - 18471 apostas ganhadoras R$ 2,34.

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2098 Mega-Sena sorteadas neste sábado (17) em Nazaré Paulista (SP).

O prêmio acumulado para o próximo sorteio é de R$ 43,5 milhões, segundo a Caixa Econômica Federal.

As dezenas sorteadas foram: 02, 08, 18, 27, 38 e 60.

Confira o rateio:

Sena - 6 números acertados - Não houve acertador

Quina - 5 números acertados - 85 apostas ganhadoras, R$ 33.312,96

Quadra - 4 números acertados - 6.551 apostas ganhadoras, R$ 617,48

QUINA

O concurso 4828 da Quina também acumulou e deve pagar R$ 2,1 milhões no próximo sorteio. As dezenas sorteadas foram: 02, 06, 32, 53 e 78. Veja o rateio:

Quina - 5 números acertados - Não houve acertador

Quadra - 4 números acertados - 53 apostas ganhadoras, R$ 7.134,30

Terno - 3 números acertados - 4.524 apostas ganhadoras, R$ 125,68

Duque - 2 números acertados - 124.463 apostas ganhadoras, R$ 2,51

TIMEMANIA

Também não houve ganhador no concurso 1258 da Timemania. Os números sorteados foram: 03, 06, 14, 46, 67, 68 e 79. O "time do coração" foi o Ipatinga/MG. Confira o rateio:

7 números acertados - Não houve acertador

6 números acertados - 2 apostas ganhadoras, R$ 48.318,55

5 números acertados - 147 apostas ganhadoras, R$ 939,13

4 números acertados - 2.974 apostas ganhadoras, R$ 6,00

3 números acertados - 29.585 apostas ganhadoras, R$ 2,00

Time do Coração - Ipatinga/MG - 7.735 apostas ganhadoras, R$ 5,00

DUPLA

Não houve vencedor em nenhum dos dois sorteios do concurso 1866 da Dupla-Sena. Veja as dezenas sorteadas e o rateio:

1º sorteio - 01, 10, 14, 20, 22 e 30

Sena - 6 números acertados - Não Houve ganhadores

Quina - 5 números acertados - 12 apostas ganhadoras R$ 5.107,94

Quadra - 4 números acertados - 1.031 apostas ganhadoras R$ 67,94

Terno - 3 números acertados - 16.342 apostas ganhadoras R$ 2,14

2º sorteio - 05, 06, 10, 13, 14 e 49

Sena - 6 números acertados - Não Houve ganhadores

Quina - 5 números acertados - 27 apostas ganhadoras R$ 2.043,18

Quadra - 4 números acertados - 1.089 apostas ganhadoras R$ 64,32

Terno - 3 números acertados- 21.392 apostas ganhadoras R$ 1,63

FEDERAL

A Caixa sorteou ainda os bilhetes do concurso 05337 da Loteria Federal. Veja os principais prêmios:

Destino - Bilhete - Valor do Prêmio (R$)

1º - 42443 - 1.000.000,00

2º - 23432 - 14.000,00

3º - 44506 - 12.000,00

4º - 59080 - 10.000,00

5º - 65139 - 9.619,00.

Estudantes de todo o país fizeram neste domingo (11) o primeiro dia do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2018. Ao todo, foram 90 questões relacionadas à Ciências da Natureza e Matemática. Com 30 minutos a mais do que nas edições anteriores, prova foi considerada difícil pelos candidatos que estavam preocupados com as questões de química e física.

A prova de Linguagem e Ciências Humanas foi considerada bastante atual e sofisticada e, por isso, professores já previam que o mesmo poderia ser aplicado no exame de Ciências da Natureza e Matemática. Diversas questões usaram exemplos do cotidiano para exigir que os candidatos usassem seus conhecimentos teóricos para respondê-los.

Coordenadores e professores do cursinho Anglo, em São Paulo, realizaram a correção das questões e você confere abaixo o gabarito extraoficial dado pelo colégio. Gabarito oficial só será divulgado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Texeira) na próxima quarta-feira (14).

 

Lista dos aprovados do Sisu 2018 é divulgada pelo MECresultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi divulgado nesta segunda-feira (29) pelo Ministério da Educação (MEC). A lista pode ser consultada pelo site http://sisu.mec.gov.br/. No total, são disponibilizadas 239.716 vagas em 130 instituições de ensino.

O resultado também pode ser consultado nas páginas das faculdades e na central de atendimento do Ministério da Educação (0800-616161).

Os candidatos selecionados devem verificar diretamente com a instituição de ensino em que foram aprovados: onde, quando e quais documentos são necessários. O prazo para efetivação da matrícula vai do dia 30 de janeiro ao 7 de fevereiro.

+ Airbnb bane usuário que instalou câmera em quarto de turistas em SP

Lista de espera

Podem tentar participar da lista de espera os candidatos que não forem selecionados em nenhuma das duas opções de curso na chamada regular ou os que tenham sido convocados para a segunda opção selecionada.

Para entrar na fila de espera, o estudante deve entrar no boletim de notas entre os dias 29 de janeiro e 7 de fevereiro e clicar no botão correspondente à "confirmação de interesse em participar da lista de espera".

Os resultados serão publicados diretamente pelas faculdades, e não pelo site do Sisu.

Calendário Sisu 2018

Inscrições: de 23 de janeiro até as 23h59 de 26 de janeiro

Primeira chamada: 29 de janeiro

Matrículas dos aprovados na 1ª chamada: de 30 de janeiro a 7 de fevereiro

Manifestação de interesse na lista de espera: de 30 de janeiro até as 23h59 de 7 de fevereiro

Convocações nas demais chamadas: a partir de 9 de fevereiro

Foto: Reprodução/InternetO Ministério da Educação antecipou em um dia a divulgação do resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017. A partir de 18 de janeiro os estudantes poderão consultar os resultados individuais na Página do Participante, na internet. A nova data foi divulgada hoje (12) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).
É necessário informar o CPF e a senha cadastrada no momento da inscrição no Enem. Quem não se lembra da senha pode recuperá-la na Página do Participante. É com ela que o estudante também terá acesso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que ficará aberto de 29 de janeiro a 1º de fevereiro.
Os resultados dos participantes com menos de 18 anos, comumente chamados de treineiros, serão liberados 60 dias depois da divulgação regular. O mesmo prazo vale para os espelhos de correção das redações. O acesso ao espelho de correção é uma forma de o participante saber como se saiu em cada uma das cinco competências avaliadas pela prova.
Os estudantes podem usar o resultado das provas do Enem em processos seletivos para vagas no ensino público superior, pelo Sisu, para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) realiza, na segunda-feira (2), coletiva à imprensa para apresentar o resultado de operações ocorridas em Alagoas nos últimos dias. O encontro acontecerá às 15 horas, na Sala de Situação, que fica na SSP, no Centro de Maceió.

Serão apresentados detalhes da operação deflagrada na quinta-feira (28), em Palmeira dos Índios, para combater o crime organizado, além de detalhes da prisão de suspeitos de tráfico e homicídios.

499ff177991156e3d98e38f83f28fbfd_L

Também haverá apresentação dos detalhes da operação deflagrada pela Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), da Polícia Civil, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal.

Participarão da coletiva o secretário Executivo de Políticas da Segurança Pública, Manoel Acácio Júnior; o delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, o coordenador da Divisão Especial de Investigações Criminais (Deic), delegado Mário Jorge, e o delegado Guilherme Iusten.

Os resultados preliminares do Censo Escolar da Educação Básica deste ano foram divulgados hoje (8) pelo Diário Oficial da União, que publicou a portaria 1.069 do Ministério da Educação (MEC), assinada pelo ministro Mendonça Filho.

educacao_basica

De acordo com a portaria, os resultados referem-se à matrícula inicial na creche, pré-escola, ensino  fundamental e médio, incluindo o médio integrado e normal magistério.

O documento traz também os dados sobre o ensino regular e a educação de jovens e adultos (EJA) presencial, fundamental e médio, incluindo a EJA integrada à educação profissional, das redes estaduais e municipais, urbanas e rurais em tempo parcial e integral.

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) divulgou nessa terça-feira (5) o resultado da primeira fase das provas das Olimpíadas de História de Alagoas, uma das ações promovidas pela pasta em alusão ao bicentenário da emancipação de Alagoas. Ao todo, 26 equipes, representando as 13 Gerências Regionais de Educação (Gere), passam para a segunda fase, cuja abertura acontece no dia 14 de setembro no ginásio da Escola Estadual Princesa Isabel, no Cepa, a partir das 9h.

Ao todo, 466 equipes se inscreveram para a primeira etapa, que teve as provas aplicadas online no período de 15 a 17 de agosto. Na ocasião, as equipes formadas por três alunos e um professor orientador responderam a 20 questões objetivas e 15 subjetivas e elaboraram uma redação.

Na primeira fase da olimpíada, responderam a 20 questões objetivas e 15 subjetivas e elaboraram uma redação

A segunda fase acontece nos dias 14 e15 de setembro e as equipes participantes terão que redigir uma redação e participar de provas lúdicas. “A Olimpíada teve uma receptividade excelente entre os alunos e professores, tanto que registramos uma participação acima do previsto. Agora, os classificados para a segunda fase virão a Maceió na semana em que comemoramos os 200 anos de emancipação política. Serão momentos muito ricos em aprendizado”, destaca o coordenador da Olimpíada de História de Alagoas, Daniel Marinho.

Equipes

Cada equipe teve duas geres classificadas para a segunda fase. São elas:

1ª Gere (Maceió) – Colégio Tiradentes e Escola José Maria Correia das Neves;

2ª Gere – Escolas Dom Constantino Luers (Campo Alegre) e Pedro Joaquim de Jesus (Teotônio Vilela);

3ª Gere – Escolas Graciliano Ramos e Manoel Passos de Lima (Palmeira dos Índios) e Escolas Silvério Lins (Mar Vermelho) e Deputado José Medeiros (Paulo Jacinto);

5ª Gere – Escolas Lions Club e Tiradentes Agreste (Arapiraca);

6ª Gere – Escolas Laura Chagas e Areia Branca (Santana do Ipanema);

7ª Gere – Escolas Carlos Lyra (São José da Lage) e Rocha Cavalcanti (União dos Palmares);

8ª Gere – Escolas Bráulio Cavalcante (Pão de Açúcar) e Lucilo José Ribeiro (São José da Tapera);

9ª Gere – Escolas Anália Tenório (Olho d'Água Grande) e Correia Titara (Piaçabuçu);

10ª Gere – Escolas Nossa Senhora da Apresentação (Porto Calvo) e Ambrósio Lyra (Passo de Camaragibe);

11ª Gere – Escolas Luiz Bastos (Canapi) e de Educação Básica de Pariconha;

12ª Gere – Escolas Oliveira e Silva (Pilar) e Doralice da Silva Moura (Rio Largo) e 13ª Gere (Maceió) – Escolas Bom Conselho e Gilvânia Ataíde.

O resultado do  Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para o segundo semestre deste ano será divulgado hoje (6). O Sisu seleciona candidatos às vagas em universidades federais e institutos federais de educação, ciência e tecnologia.

A matrícula deverá ser feita entre os dias 10 e 14. Aqueles que não forem selecionados poderão participar da lista de espera, entre 6 e 17 de junho.  Os candidatos na lista começarão a ser convocados a partir do dia 23 de junho.

Nesta edição foram ofertadas 56.422 vagas, em 65 universidades federais e estaduais e institutos federais.

Puderam participar do Sisu os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 e não tiraram 0 na redação.

O DIA MAIS

/ Notícias em qualquer lugar.
No O Dia Mais, você encontra as últimas notícias de Alagoas 

e do mundo, tudo sobre o seu time e muitos outros conteúdos .

GRUPO /JORNAL O DIA

© 2000 - 2022
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram