Suspeitos de violência contra mulher são presos em Maceió após denúncias; Veja os casos

Os dois homens foram autuados em flagrante com base na Lei Maria da Penha

Suspeitos de violência contra mulher são presos em Maceió após denúncias; Veja os casos

Os dois homens foram autuados em flagrante com base na Lei Maria da Penha

Por Thatyana Ferreira - estagiária sob supervisão | Edição do dia 6 de fevereiro de 2021
Categoria: Maceió, Polícia | Tags: ,,


Foto: Ilustração

Dois suspeitos de violência contra a mulher foram presos em Maceió nesta sexta-feira (05). Os casos aconteceram em Bebedouro e Petrópolis, bairros da parte alta da capital, entre às 18h e 20h da noite. Os acusados foram presos em flagrante e autuados pela Lei Maria da Penha.

Em Bebedouro a guarnição motorizada força tática 01, pertencente ao 4º Batalhão da Polícia Militar (BPM), chegou ao endereço da vítima por volta das 18h após uma denúncia. O suspeito foi quem abriu a porta e informou aos policiais que não havia nenhum problema em casa, mas os militares insistiram em ver a vítima. A mulher estava com o nariz e a região do peito machucados, ela informou a guarnição que seu marido tinha batido nela com uma corrente de cachorro e desferido um soco no seu rosto. O homem foi preso em flagrante po violência doméstica. 

A segunda ocorrência aconteceu em Petrópolis, cerca de 20h da noite. A guarnição motorizada solo 03, que também pertence ao 4º BPM, foi acionada através de uma denúncia anônima de violência contra mulher. Chegando no local encontraram o acusado destruindo os objetos da casa e ameaçando sua esposa. O suspeito de 49 anos foi detido em flagrante por ameaça.

Os dois homens foram conduzidos à central de flagrantes para que os depoimentos, deles e das vítimas, fossem colhidos. Eles foram autuados com base na Lei Maria da Penha. Nenhuma das vítimas necessitou de atendimento médico. 

Lei Maria da Penha

A pena prevista na Lei Maria da Penha para casos de violência doméstica é de seis meses a três anos de reclusão. Já o crime de ameaça tem penalidade de um a seis meses de prisão ou multa. Denúncias de casos de violência doméstica podem ser feitas através da Central de Atendimento à Mulher, no número 180. O serviço é gratuito, além de funcionar 24 horas e não necessitar de identificação do denunciante.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados