Suspeitos de matar Giovanna Cavalcante morrem em confronto com a Polícia

Um quarto acusado conseguiu fugir do cerco policial; Operação contou com mais de 100 policiais civis e militares

Suspeitos de matar Giovanna Cavalcante morrem em confronto com a Polícia

Um quarto acusado conseguiu fugir do cerco policial; Operação contou com mais de 100 policiais civis e militares

Por | Edição do dia 22 de outubro de 2018
Categoria: Notícias, Polícia | Tags: ,,,,


rp_110012-whatsapp_image_2018_10_21_at_09_51_34_jpeg.jpeg

Três suspeitos de matar com um tiro na cabeça a adolescente Giovanna Lopes Cavalcante, 15, no bairro do Jacintinho, em Maceió, morreram em uma troca de tiros com a polícia na madrugada desta segunda-feira (22), durante uma operação com mais de 100 policiais civis e militares.

Moram no confronto: Gustavo Geraldo de Oliveira dos Santos, Maciel Gomes Sarmento e o terceiro identificado como Vitinho Santos. Com eles, os policiais apreenderam dois revólveres calibre 38 e uma espingarda calibre 12, além de peças de roupas usadas pelos assaltantes no dia do crime. Um quarto suspeito conseguiu fugir do cerco policial.

Giovanna foi assassinada na noite do sábado (20), quando voltava de um bar, localizado na orla da Ponta Verde, onde tinha participado de uma confraternização com amigos. A vítima é sobrinha do ex-prefeito de Matriz do Camaragibe e suplente de deputado estadual, Cícero Cavalcante.

Participaram da ação policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Radiopatrulha (RP), Batalhão de Polícia de Eventos (BPE), 1º Batalhão, Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), 2ª Sessão P2/ CPC, Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC), Tático Integrado de Grupo de Resgates Especiais (Tigre), Seção Especial de Roubo a Banco (SERB) e Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP).

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados