SSP anuncia redução de 20,8% de homicídios em Alagoas

SSP anuncia redução de 20,8% de homicídios em Alagoas

Por | Edição do dia 15 de outubro de 2018
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,,,


Em coletiva de impressa nesta manhã, o Governador do Estado Renan Filho apresentou dados que comprovam a redução na ordem de 20,8% no número de homicídios “vamos buscar reduzir ainda mais para puxar a média nacional do país para baixo”, disse o Governador.

IMG_8778

De acordo com o Núcleo de Estatística e Análise Criminal (Neac) da SSP, entre 20122 e 2014, foram registrados 8.567 homicídios em Alagoas, enquanto que entre 2015 e outubro de 2018 foram 6.789 casos, o que representa uma redução de 20,8 no número total de homicídios.

Já na capital, que chegou a ser uma das mais violentas do mundo, a redução foi ainda mais significativa, 31,7%.

Nos mesmos períodos analisados, Arapiraca registou uma queda de 14,8%, segundo os dados estatísticos. Também houve redução de 21% no número de homicídios no mês de setembro. Foram contabilizadas 121 mortes, enquanto no ano passado foram 161 crimes contra a vida.

Mortes por 100 mil habitantes caíram nos últimos três anos 

As taxas de Crimes Violentos Letais e Internacionais (CVLI), também tiveram variação negativa entre 2015 e 2018. A taxa de Alagoas era de 76,8 mortes para cada grupo de 100 mil habitantes em 2011, caiu para 54,3 no ano de 2015 e agora está em 49,1.

IMG_8810

Analisando os dados de Maceió, as taxas eram ainda mais alarmantes. Em 2011, a médica de homicídios por 100 mil habitantes chegou a 102,9. Em 2015 caiu para 56 e agora está em 53,4 segundo os registros do Neac até o mês de agosto.

Já Arapiraca variou suas taxas de homicídios para cada 100 mil habitantes de 84,7 em 2011 para 58 em 2015 e agora registra 54,2 este ano.

IMG_8811

Nos últimos três anos, Alagoas registrou oito vezes as menores taxas de homicídios da série história. O melhor resultado foi alcançado recentemente em Julho.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados