Sisu 2021: Ufal oferece 50% das vagas no 1º edital que deve ser publicado em abril

As demais vagas serão ofertadas no segundo semestre. Não houve redução de vagas

Sisu 2021: Ufal oferece 50% das vagas no 1º edital que deve ser publicado em abril

As demais vagas serão ofertadas no segundo semestre. Não houve redução de vagas

Por Ascom Ufal | Edição do dia 18 de março de 2021
Categoria: Educação, Notícias | Tags: ,,


A Universidade Federal de Alagoas (Ufal) já fez a adesão ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para o ano letivo de 2021. Dessa vez, serão ofertadas metade das vagas na 1ª edição do edital que deve ser publicado em abril, logo após a divulgação do resultado do Enem 2020, prevista para 5 de abril. É importante esclarecer que não houve redução de vagas. O total oferecido todos os anos será dividido em dois editais.

Nesse primeiro Termo de Adesão ao Sisu, entraram 2.905 vagas, sendo 1.446 delas em ampla concorrência e 1.459 vagas ofertadas pela Lei de Cotas (Lei nº 12.711/2012). “São 91 cursos presenciais. Destes, 89 com as vagas lançadas no Sisu. Apenas Letras/Libras e Música não são oferecidos nesse sistema porque são seleções que exigem habilidades específicas”, informou o pró-reitor de Graduação, Amauri Barros.

Ao todo, a Ufal oferece anualmente 5.400 vagas. “Alguns cursos têm dupla entrada, nos dois semestres. Este ano, decidimos oferecer neste edital apenas a primeira entrada. Então, por exemplo, o curso de Medicina oferece todos os anos 100 vagas, sendo 50 no primeiro semestre e 50 no segundo. Neste edital, entraram apenas as vagas do primeiro semestre. Em junho, será publicado novo edital com mais 50 vagas de Medicina”, explicou Amauri Barros.

Os estudantes que fizeram o Enem 2020, agora no início de janeiro, devem ficar atentos, com seus respectivos logins e senhas, para o período de inscrições no Sisu, previsto para os dias 6 a 9 de abril. Depois disso, os resultados serão divulgados no dia 13 de abril. “Os candidatos podem escolher duas opções na mesma universidade ou optar por cursos em universidades diferentes”, esclareceu o pró-reitor.

Sendo classificado neste primeiro edital, os estudantes devem ficar atentos aos prazos publicados no site da Copeve. “A confirmação de matrícula é uma etapa fundamental. Alguns estudantes não comparecem no prazo e acabam ficando fora do processo. O segundo edital, que será divulgado em junho, ofertará mais 2.500 vagas. Então, é preciso esclarecer que não houve redução de vagas na Ufal”, ressaltou Amauri Barros.

Os estudantes devem ficar atentos também para o início do primeiro semestre de 2021, que só deve acontecer em outubro. “Devido à pandemia, estamos com quase um ano de atraso. Então, agora em 2021, estamos dando continuidade ao ano letivo de 2020. Por enquanto, as aulas são essencialmente remotas, para preservar a saúde de toda a comunidade universitária. Avisaremos amplamente quando pudermos voltar às salas de aula”, informou o pró-reitor de Graduação.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados