Sistema de Virtualização de processos deve economizar R$ 4 milhões para o Estado

Programa foi apresentado a secretarias e órgãos do Governo de Alagoas

Por | Edição do dia 6 de novembro de 2015
Categoria: Alagoas, Artigos, Notícias | Tags: ,


image (1)

Representantes de várias secretarias do Governo participaram do encontro para implantação do sistema de virtualização de processos (Foto: Ascom)

O Governo de Alagoas pretende economizar o equivalente a R$ 4 milhões/ano com aberturas de processos com a implantação da tecnologia da virtualização. O assunto foi discutido na quinta-feira (5) na Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) entre representantes de várias secretarias, onde foi apresentado um panorama sobre essa forma de tecnologia e a necessidade e os benefícios da implantação pelo Estado.

De acordo com Kleber Ivo, funcionário do Instituto de Tecnologia e da Informação do Estado de Alagoas (Itec), por ano são abertos 200 mil processos no Estado, que geram uma despesa material de R$ 4 milhões por ano, sem contabilizar os custos com deslocamentos dos processos. Com a implantação do projeto, haveria uma redução de 25% no tempo de tramitação dos processos e eliminação de aproximadamente 23 toneladas de papel por ano.

O encontro deu continuidade ao projeto de virtualização de processos para o Governo de Alagoas.

Os representantes dos órgãos e secretarias do Estado puderam conhecer e tirar dúvidas sobre o Integra, sistema que já é utilizado pelo Itec, e que ganhou uma versão atualizada, com novas funcionalidades. A nova versão foi apresentada pelo representante da Softplan, Rafael Lessa, que mostrou o manuseio do sistema e destacou as novas funções, como temporalidade, avaliação e destinação.

Para o diretor-presidente do Itec, Luciano Júnior, esse primeiro encontro com os diversos representantes teve como principal foco mostrar as funcionalidades do sistema.

“Para que o sistema possa funcionar no Estado, é importante que os órgãos e secretarias o conheçam primeiramente e verifiquem se os pontos de segurança da informação e as funcionalidades atendem à demanda necessitada por eles”, destacou.

Também foi ressaltado durante o encontro o andamento do processo de abertura de uma Assinatura Registrada (AR) para o Governo, no qual o Itec será o emissor da assinatura digital para o Estado.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados