Sinturb defende aumento da passagem de ônibus em Maceió

Por nota, o sindicato expôs os motivos para defender o reajuste na passagem este ano

Sinturb defende aumento da passagem de ônibus em Maceió

Por nota, o sindicato expôs os motivos para defender o reajuste na passagem este ano

Por | Edição do dia 14 de janeiro de 2020
Categoria: Ultimas Notícias | Tags: ,,


09072018-Ponto-Onibus-Av-Tomas-Espindola-PF-0016-1024x683

Foto: Secom Maceió

Por nota, o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros – Sinturb se posicionou a favor do aumento da passagem dos ônibus urbanos de Maceió para que ocorra “equilíbrio econômico financeiro”. O sindicato ressalta que nos últimos 24 meses, mesmo sem aumento da passagem, houve reajuste do salário dos rodoviários, aumento do combustível e perda de passageiros pagantes.

O sindicato expôs “que as empresas passaram por auditoria contratada pelo município de Maceió, durante todo do ano 2019. Essa auditoria mostrou em números o desequilíbrio econômico financeiro do contrato, causado pela redução de passageiros e do aumento dos custos, além de apontar uma tarifa ideal para a recomposição financeira”.

A nota também diz que as empresas dos coletivos se comprometeram a renovar as frotas e que, até o fim deste mês de fevereiro, chegarão na capital os primeiros 20 novos veículos, que foram investidos em mais de 7 milhões de reais.

Além disso, o Sinturb ressalta que houve aumento dos salários dos rodoviários nos últimos meses, bem como reajuste no plano de saúde e vale alimentação desses trabalhadores. A alta de combustível também foi citada pelo sindicato, além da perda de 10% dos passageiros pagantes nos últimos dois anos. A perda, a entendida avalia, que ocorreu pela falta de fiscalização do transporte clandestino

A seguir, leia a nota na íntegra:

O Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros – Sinturb, afirma que desde o inicio de 2018, vem trabalhando junto ao Ministério Público Estadual, Ministério Publico de Contas e Prefeitura de Maceió a importância do reajuste da tarifa para garantir o equilíbrio econômico financeiro do contrato entre as partes.

O Sinturb relembra também, que as empresas passaram por auditoria contratada pelo município de Maceió, durante todo do ano 2019. Essa auditoria mostrou em números o desequilíbrio econômico financeiro do contrato, causado pela redução de passageiros e do aumento dos custos, além de apontar uma tarifa ideal para a recomposição financeira.

Confiando em todo esse processo juntos aos órgãos, as empresas se comprometeram em renovar a frota, estando previsto para chegarem Maceió até o final deste mês de fevereiro, os primeiros 20 novos carros, um investimento de mais de 7 milhões de reais. Sem a nova tarifa, as empresas passam a enfrentar mais dificuldades em manter suas obrigações do dia a dia.

Lembrando que nesses últimos 24 meses sem reajuste, foram concedidos reajustes no salário para os rodoviários, plano de saúde e ticket alimentação. Além da significante alta do combustível e da perda de passageiros pagantes, que representa mais de 10% dos passageiros a menos nos últimos dois anos, decorrente da falta de fiscalização do transporte clandestino.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados