Sindpol denuncia acúmulo de materiais de apreensão em delegacia da capital

Por Assessoria | Edição do dia 29 de maio de 2020
Categoria: Maceió, Notícias | Tags: ,,,,


Acúmulo de materiais de apreensão no 5º DP (Ascom Sindpol)

Em visita às delegacias de Maceió, o Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) identificou o acúmulo de materiais de apreensão que representa riscos à saúde e ao bem-estar dos policiais civis e da população no 5º Distrito Policial, no Tabuleiro do Martins, em Maceió.

Segundo o Sindpol, o pátio da delegacia está ocupado com carros e motos apreendidos, que estão se deteriorando e enferrujando no local. Os veículos acumulam águas das chuvas, favorecendo o foco de mosquitos Aeds Aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika.

“Essa situação implica em adoecimento e defasagem no número de policial para atender a população. A Delegacia Geral tem que tomar as devidas providências, não somente no 5º Distrito Policial, mas também na Central de Flagrantes e em todas as delegacias do Estado de Alagoas que possuem  materiais de apreensão acumulados”, alerta o presidente do Sindpol, Ricardo Nazário.

Em ofício entregue ao Delegado Geral, Paulo Cerqueira, o Sindpol requer a remoção dos veículos e materiais apreendidos na distrital. “Fazemos um alerta à Delegacia Geral. Advertimos que, além do covid-19, ainda existem as doenças transmitas pelo mosquito da dengue”, alerta o sindicato.

No expediente encaminhado à direção da Polícia Civil, o Sindpol ressalta a falta de espaço físico no local, o estado de deterioração dos veículos por conta da ação do tempo, além da falta de efetivo dos policiais civis, que piora na pandemia.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados