Setor hoteleiro de Maceió comemora ocupação em mais de 90% para o feriado

No mesmo período do ano passado, a capital registrou 79% de ocupação, o que representa um crescimento de quase 15%

Setor hoteleiro de Maceió comemora ocupação em mais de 90% para o feriado

No mesmo período do ano passado, a capital registrou 79% de ocupação, o que representa um crescimento de quase 15%

Por Assessoria | Edição do dia 28 de outubro de 2021
Categoria: Maceió | Tags: ,,,,


Mais um feriado prolongado chegou e as reservas nos hotéis de Maceió estão a todo vapor: a previsão de ocupação para o feriado de Finados é de 90,72%, número 15% maior que o registrado no mesmo período do ano passado, quando a ocupação média foi de 79%. O levantamento foi realizado pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH).

As boas notícias para o turismo de Maceió não param por aí. Em mais um levantamento, desta vez realizado pela Booking.com, a capital alagoana desponta em primeiro lugar entre os destinos mais desejados do Nordeste e o segundo a nível nacional, para o feriado de Finados. Neste estudo, foram analisadas as reservas feitas pelos brasileiros, em destinos de praia de todo o país, com estadias entre 29 de outubro e 2 de novembro de 2021.

”A expectativa do setor  é muito positiva, baseada nas últimas ocupações de feriados. Somente neste feriadão estamos com previsão de mais de 90% de ocupação nos hotéis. Já a média mensal tem sido 81%, que é também uma média muito boa. A expectativa é que até dezembro tenhamos um índice também positivo. Já em janeiro, ainda não ”esquentou”, não temos ainda uma previsão considerada boa, principalmente porque janeiro é um mês fundamental para a preparação da baixa temporada. No entanto, se continuar com esse fluxo de visitantes que estamos tendo, certamente vai impactar para a recuperação do setor, que envolve 52 setores”, explicou o presidente da Abih em Alagoas, André Santos.

A ocupação média do último feriado da Padroeira do Brasil, comemorado no dia 12 de outubro, registrou uma ocupação média de 83,47%. Já nos meses de agosto e setembro, a média mensal foi de 70,44% e 82,51%, respectivamente.

A titular da Secretaria de Turismo, Esporte e Lazer de Maceió (Semtel), Patricia Mourão, explica que os bons números de ocupação na capital são resultados do trabalho intenso de todos que integram o turismo de Maceió.

“Temos a orla mais bonita do Brasil e estamos trabalhando para torná-la ainda mais preparada. Além do controle da pandemia, da eficiência na vacinação dos maceioenses e dos investimentos em infraestrutura realizados pela Prefeitura de Maceió, a capital alagoana também é uma cidade que oferece inúmeros atrativos que impactam diretamente na escolha do turista. São diversas praias, clima agradável, moderna infraestrutura hoteleira e muitos bares e restaurantes com oferta de sabores diversificados. A busca pelo destino se deve, também, pelo trabalho em parceria com o trade turístico, que não mede esforços para promover e investir na capital”, destacou a titular da pasta.

Para Givanaldo Hipólito, Gerente Comercial do Hotel Ritz Lagoa da Anta e Ritz Suítes, as taxas de ocupação voltaram a crescer após as flexibilizações da pandemia.

”Desde julho deste ano, as taxas de ocupação têm apresentado uma crescente.

Percebemos uma demanda proveniente do turismo regional, no começo do segundo semestre, deixando a taxa de ocupação maior durante os finais de semana. A partir de setembro, mais notoriamente, vimos que o perfil mudou, trazendo de volta o turista de 05, 07 noites, de outras regiões do país, consolidando assim uma ocupação mais linear para todo o mês”, explicou.

Ainda segundo Givanaldo, outro ponto positivo foi a  flexibilização para o segmento de eventos. ”Seja o evento social ou científico, esse setor ajuda muito nessa retomada de sucesso. Neste mês de outubro e para os próximos meses, resultados e previsões são animadoras, pois já temos aí um reestabelecimento da malha e agora, sentimos, que colhemos os frutos das ações de divulgação do destino”, complementou.

Destino seguro 

Os hotéis da capital, bares, restaurantes, comércio e transporte reforçam diariamente as medidas sanitárias para prevenção da Covid-19, como o uso obrigatório de máscara nos espaços públicos, aferição de temperatura, higienização das mãos com álcool em gel 70% e higienização constante dos ambientes comuns.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados