Sesc Alagoas lança campanha A Fome é Real – seja um doador do Mesa Brasil

O programa completa as refeições de milhares de famílias em condições de vulnerabilidade social cadastradas em 399 instituições atendidas pelo Mesa

Sesc Alagoas lança campanha A Fome é Real – seja um doador do Mesa Brasil

O programa completa as refeições de milhares de famílias em condições de vulnerabilidade social cadastradas em 399 instituições atendidas pelo Mesa

Por Assessoria | Edição do dia 26 de abril de 2021
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,,,,


Imagem: Assessoria

Mais de 116,8 milhões de pessoas estão em situação de insegurança alimentar ou passando fome no Brasil. O dado é da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede Penssan), conforme levantamento realizado em dezembro de 2020. O número engloba pessoas que não se alimentam como deveriam, com qualidade e em quantidade suficiente. Em Alagoas, o Mesa Brasil Sesc, há 17 anos, repassa as doações dos parceiros para instituições cadastradas no programa que atendem pessoas em condições de vulnerabilidade social. O momento delicado, principalmente, em decorrência da pandemia da Covid-19, levou o Sesc Alagoas a lançar a campanha A Fome é Real – seja um doador do Mesa Brasil.

Em 2020, o Mesa Brasil arrecadou 1.155.449 quilos de alimentos no Estado. Acontece que essa quantidade já foi bem maior. Em 2018, por exemplo, chegou a 3.497.246 quilos de alimentos arrecadados, ou seja, houve uma redução de 67%. Atualmente, o programa tem cadastradas 399 instituições que atendem famílias em condições de insegurança alimentar. “O nosso pedido é que cada pessoa possa inserir na sua feira um quilo de alimento não perecível ou quanto for possível para que esses alimentos possam chegar a quem precisa. Se cada pessoa se dispuser a mobilizar a família, os amigos e os vizinhos, vamos alcançar o nosso propósito que é aumentar a arrecadação e ajudar a reduzir a fome ”, afirma a gerente do Mesa Brasil Sesc Alagoas, Patrícia Nemézio.

Com frequência, o programa é procurado por outras instituições que precisam receber doações, mas, atualmente, o Mesa Brasil não tem como ampliar o atendimento. A procura parte inclusive de pessoas físicas. No entanto, a prerrogativa do programa é o atendimento a PJ a fim de atender os critérios de transparência do programa. O Mesa Brasil recebe doações dos parceiros que são atacadistas, varejistas, feirantes, panificadores, pequenos agricultores, centrais de distribuição e abastecimento, indústria de alimentos. Além disso, qualquer pessoa física pode doar e, inclusive, o programa pode buscar as doações.

O Mesa Brasil é uma rede nacional de bancos de alimentos a fim de reduzir a fome e o desperdício. Além de coletar e armazenar alimentos e outros produtos adequadamente, o programa realiza a distribuição de doações tanto na capital quanto em municípios do interior. Para fortalecer a gestão das entidades sociais assistidas e incentivar hábitos alimentares saudáveis, o Mesa Brasil também promove ações de cunho educativo, como palestras e oficinas sobre boas práticas e aproveitamento integral de alimentos.

Para facilitar a logística das doações, a campanha colocará como pontos de arrecadação as entidades integrantes do Sistema Fecomércio, ou seja, a Fecomércio, o Sesc e o Senac (verificar os endereços abaixo). As pessoas vão poder doar alimentos não perecíveis e outros itens, como material de higiene pessoal, de limpeza, roupas, calçados.

Parceria

O Mesa Brasil também ganhou a parceria da Associação dos Tributaristas de Alagoas (Atrial) que lançou recentemente a campanha “Absorvente é item da cesta básica. Defenda essa ideia!”. Todos os absorventes doados nos pontos de arrecadação do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac serão repassados ao Mesa Brasil. A campanha foi lançada na periferia de Maceió e pretende sensibilizar a sociedade e, sobretudo, as autoridades tributárias para a necessidade, urgente, de inclusão do absorvente higiênico como item da cesta básica.

Postos de arrecadação:

Fecomércio – Rua Professor Guedes de Mirante, 188 – Farol. Horário de funcionamento: 8h às 17h;

Unidades Sesc – Poço: Rua Pedro Paulino, nº 40 – Poço, Maceió

Jaraguá: Rua do Uruguai, 267/279 – Jaraguá, Maceió. Horário de funcionamento: 7h às 19h;

Guaxuma: Rua Cel. Mário Saraiva, s/n – Guaxuma, Maceió. Horário de funcionamento: 8h às 18h;

Centro: Rua Barão de Alagoas, nº 229 – Centro, Maceió. Horário de funcionamento: 8h às 12h e das 13h às 17h;

Arapiraca: Rua Manoel Francisco Cazuza, s/n – Santa Edwiges, Arapiraca. Horário de funcionamento: 8h às 19h;

Sesc Ler Palmeira dos Índios: Rua Genésio Moreira, 1181 – São Francisco, Palmeira dos Índios. Horário de funcionamento: 8h às 19h;

Sesc Ler Teotônio Vilela: R. Pedro Pereira, Teotônio Vilela. Horário de funcionamento: 8h às 19h;

Banco de Alimento: Rua Santo Antônio, nº 119, Levada – Maceió. Horário de funcionamento: 8h às 17h;

Senac – Avenida Pedro Paulino, 77 – Poço, Maceió. Horário de funcionamento: 7h às 22h.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados