Sesau adquire 14 aparelhos de ultrassonografia e equipamentos já estão na Rede Hospitalar

Aparelhos foram encaminhados para o HGE, Hospitais da Mulher, Metropolitano, Regional do Norte e da Mata e Maternidade Escola Santa Mônica

Sesau adquire 14 aparelhos de ultrassonografia e equipamentos já estão na Rede Hospitalar

Aparelhos foram encaminhados para o HGE, Hospitais da Mulher, Metropolitano, Regional do Norte e da Mata e Maternidade Escola Santa Mônica

Por Ascom Sesau | Edição do dia 8 de abril de 2021
Categoria: Notícias, Saúde | Tags: ,,,,


No Hospital Metropolitano de Alagoas, novo aparelho de ultrassom, vai melhorar o diagnóstico dos pacientes atendidos (Foto: Ascom Sesau)

Os novos equipamentos tiveram um custo total de R$ 3,5 milhões e foram direcionados para o Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), Hospital da Mulher (HM) e Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; Hospital Regional da Mata (HRM), em União dos Palmares; e Hospital Regional do Norte (HRN), em Porto Calvo, no interior. O equipamento também será entregue ao Hospital Regional do Sertão (HRS), que está sendo construído em Delmiro Gouveia e, cujas obras estão em fase de conclusão.

Com o aparelho de ultrassom, as equipes vão poder investigar dores, em casos de traumatismo, e avaliar órgãos como fígado e rins. Para o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, esses equipamentos são imprescindíveis para o bom funcionamento das unidades de saúde, garantindo uma saúde pública digna para o povo alagoano, especialmente, nos ambientes de pronto socorro.

“Ampliando a oferta de exames de imagem, vamos conseguir ter um diagnóstico preciso daquele paciente, identificando qual a patologia dele, e depois encaminhando para iniciar o tratamento o mais breve possível. É dessa forma que seguimos avançando, e levando saúde pública cada vez mais de qualidade e digna para a população em todo o território alagoano”, destacou o titular da Sesau.

A enfermeira obstétrica e supervisora geral da Maternidade Escola Santa Mônica (MESM), Elisângela Sanches, ressalta que a chegada de um novo equipamento de ultrassom garante benefícios a quem mais necessita dos serviços da unidade que é referência para os 102 municípios alagoanos nos atendimentos de gestantes de alto risco.

“Essa parceria entre a Sesau e a Uncisal [Universidade Estadual de Ciências da Saúde], só traz benefícios para a população, e com esses novos aparelhos de ultrassonografia, vamos garantir uma melhor assistência para gestantes e recém-nascidos de alto risco”, afirmou a enfermeira.

O aparelho Affiniti 70G também já está no Setor de Imagem do Hospital Geral do Estado, que está indicado, sendo o manual do fabricante, para ultrassonografias abdominal, cardíaca, pediátrica, cerebral, fetal, ginecológica, vascular, muscular, urológica, vaso periférica, de órgãos pequenos, entre outras. Também é possível realizar a ecocardiograma.

“Os benefícios estão diretamente ligados à qualidade da captura de imagens e análise do fluido do corpo humano. Esses benefícios clínicos podem ser amplamente classificados como fornecedores de visualização em tempo real não invasiva ou minimamente invasiva dos órgãos internos e da anatomia para auxiliar na avaliação médica e no diagnóstico a fim de direcionar o tratamento médico dos pacientes”, afirmou o gerente do HGE, Paulo Teixeira.

Outro ponto positivo do novo aparelho de ultrassonografia é a capacidade de oferecer imagens da anatomia humana sem necessitar do uso de radiação ionizante, ou seja, sem produzir efeitos colaterais, como: náuseas, fraquezas e outros efeitos nocivos ao organismo. O novo aparelho também permite fornecer informações sobre as condições de saúde do examinado, sem os riscos de outras modalidades de imagens médica. Também é possível produzir imagens em quarta dimensão (4D).

Somente no ano passado, o HGE realizou 6.788 ultrassonografias e 4.173 ecocardiografias. Isso dá uma média de mais de 900 exames por mês. A ultrassonografia de abdômen total é a mais frequente, foram 4.343, seguida dos seguintes tipos: de aparelho urinário (909), com doopler colorido de três vasos membros inferiores (898), de bolsa escrotal (134), de partes moles (114), pélvica (101), de abdômen superior (99), de carótida (72), de próstata (47), mamária bilateral (19), transvaginal (19), de articulação (14), de tireoide (11) e de tórax (8).

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados