Serviço de Convivência do Cras Área lagunar retoma atividades presenciais

Equipamento social atende à comunidade do bairro Prado e adjacências da região Sul de Maceió

Serviço de Convivência do Cras Área lagunar retoma atividades presenciais

Equipamento social atende à comunidade do bairro Prado e adjacências da região Sul de Maceió

Por Assessoria | Edição do dia 31 de outubro de 2021
Categoria: Maceió | Tags: ,,,,


Os grupos de idosos e de adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Centro de Referência de Assistência Social, Cras Área Lagunar, puderam desfrutar de momentos de lazer e de descontração, após período de reclusão, devido à pandemia. As atividades presenciais foram retomadas de forma gradativa. O equipamento social atende à comunidade do bairro Prado e adjacências da região Sul de Maceió.

A professora de Educação Física, Geane Modesto, esteve à frente do retorno das atividades com a garotada, que ocorreu na última terça-feira (26). Ela contou como foi a acolhida dos meninos e meninas, ao promover a valorização de crianças e adolescentes.

“Numa roda de conversa demos boas vindas aos novos usuários. Explicamos o funcionamento e apresentamos quais são os serviços oferecidos por nossa unidade, ao tirar as dúvidas de todos os presentes. Sabendo das dificuldades de socialização, durante a pandemia, ofertamos atividades recreativas e dinâmicas de grupo. E encerramos a ação com sorteios de brindes para os jovens”, afirmou Geane.

A retomada das atividades com o grupo de idosos ocorreu na quarta-feira (27). Os participantes celebraram o retorno das atividades de convívio social com apresentações culturais. A animação ficou por conta do seresteiro, Acacy. Houve ainda recital poesias, performances de música e dança, além da distribuição de brindes.

A Pedagoga do Cras Área Lagunar, Ana Cristina Lima, reafirmou a importância da retomada das atividades junto aos participante que fazem parte do grupo de idosos.

“Seguindo os protocolos de saúde, conseguimos proporcionar um momento de acolhimento ao nosso grupo de idosos. As participantes ficaram radiantes e esbanjaram felicidade com a recepção. Nosso trabalho é priorizar a qualidade de vida, que deve ser alinhada à elevação da autoestima desses indivíduos, pois são elementos essenciais e para o fortalecimento de vínculos”, explicou a pedagoga.

Há dois anos como integrante do grupo de idosos, Dona Renê Fontes, falou sobre a importância de voltar a participar das atividades. Ela destacou o cuidado e a atenção dos profissionais da unidade que contribuem para melhorar a autoestima dos participantes.

“No Centro de Referência acabei encontrando uma nova maneira de viver. Antes de começar a fazer parte do grupo de idosos, me sentia isolada e estava com início de depressão. Através das atividades feitas pelos profissionais da unidade passei a me sentir leve e maravilhosamente bem. Quando estamos juntos dançamos, nos divertimos e encontramos de volta o sentimento de viver intensamente. Hoje posso afirmar mais do que nunca que o Cras Área Lagunar faz parte da minha vida”, confessou Dona Renê.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados