Seris vai retomar obras do Centro de Telepresença

Governador interino Tutmés Airan assina ordem de serviço nesta sexta-feira, no Palácio República dos Palmares

Por Agência Alagoas | Edição do dia 1 de outubro de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags:


Reprodução

Nesta sexta-feira (1º), às 10h30, em solenidade no Palácio República dos Palmares, o presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, desembargador Tutmés Airan, vai assinar, na condição de governador interino, a ordem de serviço para o reinício das obras – realizadas com recursos próprios do governo estadual – do 1º Centro de Telepresença do país, garantindo ao sistema prisional alagoano um espaço criado exclusivamente para a realização de audiências virtuais com os reeducandos.

A assinatura vai contar com as presenças do secretário da Ressocialização e Inclusão Social, coronel PM Marcos Sérgio de Freitas, e do secretário-executivo de Gestão Interna da Seris, tenente-coronel PM Marcos Henrique do Carmo.

A telepresença revolucionou o modo como as audiências são realizadas no sistema prisional. Esta revolução teve início em 2015, quando, em parceria com o Tribunal de Justiça de Alagoas, as escoltas para Varas e Comarcas de todo o estado deram lugar à oitiva do reeducando no próprio complexo penitenciário, o que otimizou os procedimentos, proporcionando economia aos cofres públicos, além de mais segurança à sociedade alagoana.

O prédio – que está em fase de acabamento – possui uma estrutura moderna e segue todas as normas técnicas de construção, sendo adaptado para portadores de necessidades especiais. A edificação de 321,69m² também dispõe de painéis de isolamento acústico e cortinas com absorção de som. Serão oito celas com capacidade para seis pessoas, além de seis salas reservadas para as audiências, que irão comportar até 12 pessoas simultaneamente, tornando possível a realização de até 48 audiências por dia.

As salas serão equipadas com painéis acústicos, microfones, câmeras e TVs, conferindo, assim, qualidade e legitimidade às audiências. Recepção, áreas administrativa e de serviço, copa e parlatório, além de uma entrada específica para a escolta dos reeducandos, completam a estrutura do equipamento orçado em R$ 1.180.094,62.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados