Seris quer imunizar mais de 6 mil servidores e reeducandos em Alagoas contra a gripe H1N1

Campanha no sistema prisional de Alagoas teve início há uma semana e deve seguir até 4 de maio

Seris quer imunizar mais de 6 mil servidores e reeducandos em Alagoas contra a gripe H1N1

Campanha no sistema prisional de Alagoas teve início há uma semana e deve seguir até 4 de maio

Por Assessoria | Edição do dia 27 de abril de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,


Janaína Marques

A Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social de Alagoas (Seris/AL) iniciou, neste mês de abril, a campanha de vacinação contra a gripe H1N1 no sistema prisional alagoano. A campanha tem como meta imunizar 6.627 pessoas, entre servidores e reeducandos recolhidos nas unidades prisionais da capital e do interior do estado.

Segundo a gerente de Saúde da Seris, tenente Jackeline Leandro, a iniciativa veio para reforçar as medidas de saúde já adotadas pela secretaria no combate ao novo coronavírus. “A campanha de vacinação no sistema prisional é importantíssima não só para a pessoa que está sendo imunizada, especialmente o reeducando, em razão do confinamento, mas também para a população em geral. Em meio a essa pandemia, a prevenção contra síndromes gripais é essencial, já que evita a procura por hospitais, contribuindo também com o trabalho de prevenção ao coronavírus”, afirma a gerente.

A campanha de imunização acontece de segunda a sexta-feira, sempre das 8h às 17h, na sala de vacinação localizada no centro administrativo do complexo penitenciário de Maceió. Já os policiais penais vêm sendo vacinados nas próprias unidades prisionais. O mesmo acontece aos reeducandos, conforme cronograma específico elaborado pela Gerência de Saúde da Seris.

O coordenador de enfermagem da Seris, Diogo Medeiros, por sua vez, destaca também o cuidado com a higiene, a fim de resguardar a saúde de reeducandos e profissionais envolvidos. “Estamos tomando todas as medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde durante o procedimento, como a lavagem correta das mãos e a disponibilização de álcool 70%. E o fato de não temos nenhum caso de Covid-19 no sistema prisional é mais uma demonstração de que estamos no caminho certo”, salienta o coordenador.

Técnica administrativa da Seris, Ana Paula da Silva é uma das servidoras já imunizadas. Ela reconhece a importância da campanha. “Ter a oportunidade de ser vacinada neste momento de pandemia é muito importante. Com a vacina, fico imunizada contra a gripe e protege não só a mim, mas também toda a minha família”, diz a servidora.

A Seris conta com 27 profissionais de saúde, como enfermeiros e técnicos de enfermagem, atuando na campanha que deve se estender até o dia 4 de maio, havendo, caso necessário, a possibilidade de prorrogação.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados