Seprev inicia cronograma de vacinação contra H1N1 para socioeducandos

Meta é imunizar 100% da comunidade socioeducativa, que engloba adolescentes e servidores de todas as Unidades de Internação

Seprev inicia cronograma de vacinação contra H1N1 para socioeducandos

Meta é imunizar 100% da comunidade socioeducativa, que engloba adolescentes e servidores de todas as Unidades de Internação

Por | Edição do dia 17 de abril de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,


Ascom Seprev

Ascom Seprev

A Secretaria de Estado de Prevenção à Violência de Alagoas (Seprev/AL) iniciou, nesta sexta-feira (17), o cronograma da Campanha Nacional de Imunização Contra a Influenza. A vacina contra o vírus da gripe H1N1 está sendo ofertada para todos os adolescentes e servidores das unidades de internação de Alagoas.

A vacina é composta por vírus inativado e protege contra os três vírus que mais circularam no Hemisfério Sul em 2019: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2). Ela, porém, não tem efeito para o novo coronavírus.

Segundo a titular da Seprev, Esvalda Bittencourt, a meta, este ano, é imunizar 100% da comunidade socioeducativa, o que engloba adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas e servidores.

“A vacina é uma importante ferramenta para frear a proliferação da doença, pois a imunização reduz em até 90% o risco de contrair o vírus. E neste momento de pandemia da Covid19, é extremamente importante estarmos protegidos de qualquer outro tipo de vírus, evitando qualquer possibilidade de enfermidade”, enfatizou Esvalda Bittencourt.

A vacinação da comunidade socioeducativa faz parte do cronograma da segunda etapa da Campanha Nacional de Imunização Contra a Influenza. Neste momento, a ação, em todo o Brasil, está destinada prioritariamente para profissionais das forças de segurança e salvamento; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade; caminhoneiros; motoristas de transporte coletivo; portuários e indígenas.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados