Seminário na Fiea traz inovações para o setor ceramista em Alagoas

O evento ocorreu na Casa da Indústria, nessa terça-feira, 27

Seminário na Fiea traz inovações para o setor ceramista em Alagoas

O evento ocorreu na Casa da Indústria, nessa terça-feira, 27

Por | Edição do dia 28 de novembro de 2018
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,,,


(Foto: Josué Seixas/Fiea)

(Foto: Josué Seixas/Fiea)

A palavra de ordem é “inovação”. Com ela, foi aberto o 6º Seminário da Indústria Cerâmica em Alagoas, realizado pela Federação das Indústrias de Alagoas (Fiea), por meio do Sindicato da Indústria de Produtos Cerâmicos do Estado de Alagoas (Sindicer/AL). O evento ocorreu na Casa da Indústria, nessa terça-feira, 27, e reuniu interessados em desenvolver o segmento no Estado.
“Em Alagoas, atualmente, são cerca de 19 cerâmicas em funcionamento, que lutam diariamente para se manter em atividade e gerar empregos em municípios que apresentam baixos níveis de IDH nas regiões da Zona da Mata, litorais Norte e Sul, além do Agreste do Estado”, disse o presidente do Sindicer/AL, Frederico Gondim Carneiro de Albuquerque.
Por conta disso, segundo ele, o Seminário se preocupou em trazer temas diversos, para auxiliar as empresas a sempre se reinventarem e se modernizarem, para que se mantenham competitivas diante das adversidades e oportunidades do cenário atual no Brasil.
O palestrante Rodolfo Gama (Cerâmica Sardinha/Cerâmica Gama e Silva), que falou sobre a energia fotovoltaica, frisou também sobre a necessidade de se reinventar, preocupando-se com a redução de custos dentro da empresa. “A energia fotovoltaica custa menos, é limpa, renovável, e faz parte do processo de se reinventar também”.
Além dele, o evento teve como palestrantes Alceri Antonio (coordenador de negócios Fiesc – Senai/SC), Vitor Costa (Flyever), Mário José Hubert (Enz Hubert Indústria Cerâmica) e três rodadas de questionamentos.
O 6º Seminário da Indústria Cerâmica em Alagoas foi patrocinado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/AL), Algás, Governo de Alagoas (por meio da Sedetur) e Banco do Nordeste.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados