Sem reajuste, rodoviários prometem parar

Decisão partiu da insatisfação da categoria que não obteve contraproposta de aumento

Sem reajuste, rodoviários prometem parar

Decisão partiu da insatisfação da categoria que não obteve contraproposta de aumento

Por Redação com assessoria | Edição do dia 13 de janeiro de 2021
Categoria: Sem categoria | Tags: ,,,


Diretoria do Sinttro vai se reunir com rodoviários na manhã desta quinta-feira (14). Foto: Pei Fon/Secom Maceió

A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado de Alagoas (Sinttro/AL) vai, nesta quinta-feira (14), às garagens das empresas permissionárias de transporte público de Maceió para se reunir e informar aos rodoviários sobre o “não” recebido dos empresários para o reajuste salarial pedido pela categoria, em reunião realizada ontem (12).

De acordo com Sandro Reges, presidente do Sinttro/AL, a categoria não tem reajuste salarial desde março de 2019 e, agora, com o fim dos auxílios concedidos pelo Governo Federal, precisa voltar a negociar algum avanço, pois os rodoviários, que esperaram pacientemente o período de estado de calamidade imposto pela Pandemia da Covid-19, agora exigem um avanço por parte dos patrões.

Sandro afirma que, diante da negativa em negociar dos empresários, que não apresentaram qualquer contraproposta, a categoria deverá decretar greve geral como forma de reivindicar o que está lhe sendo negado há quase dois anos. “Não fomos para o enfrentamento, fomos em busca de avanço, do mínimo de dignidade, mas eles nos propuseram retrocessos”, pontuou.

O presidente se referiu em sua fala à colocação dos empresários de que já esse mês não pagará o ticket alimentação e nem o plano de saúde, conquistas históricas da categoria, asseguradas inclusive em convenção trabalhista da categoria. Além disso, eles também anteciparam que haverá corte de pessoal e atraso de salário.

A definição de como ocorrerá o movimento deverá ser comunicada oficialmente nos próximos dias, após a realização de assembleias com os rodoviários.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados