Seleção masculina de handebol se despede com melhor campanha da história

Seleção masculina de handebol se despede com melhor campanha da história

Por | Edição do dia 17 de agosto de 2016
Categoria: Esportes, Outros Esportes


A Seleção Masculina de handebol encerrou, nesta quarta-feira (17.8), a disputa dos Jogos Olímpicos Rio 2016 ao ser superada pela França, atual bicampeã olímpica, por 27 x 34 (16 x 16 no primeiro tempo). Mesmo eliminada nas quartas de final, a equipe sai com saldo positivo, pois esta foi a primeira vez que o time chegou à etapa eliminatória.

No Rio, o Brasil venceu duas grandes potências: a Polônia, medalha de bronze no último Mundial, e a Alemanha, atual campeã europeia. Além disso, fez jogos equilibrados com Eslovênia e a própria França, que viu hoje a superioridade ameaçada pelo time da casa.

José Guilherme de Toledo, o “Zé”, tenta furar a forte defesa francesa na Arena do Futuro. Ele marcou cinco gols pelo Brasil. Foto: Getty Images

Incentivado pela torcida, o Brasil começou jogando bem na Arena do Futuro e faz uma partida muito equilibrada na primeira etapa. O placar estava gol a gol até que dois erros de passe deixaram os adversários à frente. Com paciência, os anfitriões começaram a trabalhar melhor o ataque, aproveitando-se de defesas importantes do goleiro Maik. O resultado foi um empate na metade do primeiro tempo. A França voltou a subir de rendimento e assumiu a ponta novamente, mas o time da casa estava no jogo, não deixou o ritmo cair e foi buscar a igualdade novamente.

No segundo tempo, a Seleção voltou bem e manteve o equilíbrio nos primeiros minutos, mas a França, variando mais o ataque, passou a dificultar a vida dos brasileiros em quadra. Alguns erros de contra-ataque do lado brasileiro fizeram com que os adversários se distanciassem no placar e, a partir daí, os rivais apenas administraram a vantagem para ganhar o jogo e avançar às semifinais.

Por manter o equilíbrio a maior parte do jogo, os brasileiros saíram de quadra tristes, mas com uma sensação de que fizeram tudo como haviam planejado e ainda de que faltou pouco para fazer ainda mais história.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados