Seleção de Futsal bate o Marrocos em amistoso Data FIFA no país africano

Pito e Ferrão marcam em vitória por 2 a 0 da equipe canarinho sobre os marroquinos, nesta quarta-feira (17)

Seleção de Futsal bate o Marrocos em amistoso Data FIFA no país africano

Pito e Ferrão marcam em vitória por 2 a 0 da equipe canarinho sobre os marroquinos, nesta quarta-feira (17)

Por CBF | Edição do dia 18 de novembro de 2021
Categoria: Esportes | Tags: ,,


A Seleção de Futsal fechou a Data FIFA de novembro com vitória! Pito e Ferrão marcaram no triunfo com autoridade do Brasil por 2 a 0 sobre o Marrocos, no ginásio Sport Center of Laayoune – local onde os marroquinos nunca haviam sido derrotados anteriormente. O confronto aconteceu na tarde desta quarta-feira (17), no Marrocos.

Segundo amistoso da Seleção Brasileira de Futsa. Foto: Douglas Pingituro/CBF.

O jogo

A Canarinho teve grande intensidade, ímpeto no ataque e dominou as ações ofensivas no primeiro tempo. Logo no início, Marlon, Pito e Dyego ameaçaram em chutes de longe que saíram à direita do gol, aos 19, 16 e 15 minutos, respectivamente.

O goleiro marroquino, Reda Khyari, interviu algumas vezes para evitar o gol brasileiro. Na altura dos 15, Rafael Santos tentou duas vezes. Já aos 12, Rangel arriscou de longe e o arqueiro espalmou. Enquanto Arthur foi servido, saiu de frente para o gol, mas Reda apareceu novamente para salvar, aos 10.

A equipe marroquina pouco chegou à meta de Léo Gugiel. Na reta final, a Seleção de Futsal ainda teve mais duas grandes chances criadas: aos três, Dyego Zuffo limpou da esquerda para dentro, finalizou e por pouco Rafael Santos não empurrou para as redes. Já faltando um minuto, o camisa sete chutou forte do centro da quadra e Reda Khyari espalmou.

Na etapa final, a superioridade brasileira foi transformada em gol: logo aos 15, Arthur recebeu pelo lado direito, chutou cruzado com força, o goleiro Reda desviou com o pé e Pito estava lá, finalizou de canhota no rebote e abriu o placar. Em desvantagem, os marroquinos tentaram pressionar, mas esbarraram na boa marcação da Canarinho e na falta de pontaria.

A Seleção cresceu novamente aos dez e administrou o ritmo da partida. Marlon quase ampliou aos oito, depois de desviar chute de Arthur. Porém, faltando seis minutos para o término, a bola foi para as redes novamente: Dyego Zuffo arrancou pela esquerda, balançou a marcação e bateu cruzado, Ferrão estava bem posicionado, na segunda trave, apenas tocou para o fundo do gol e definiu a vitória.

 

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados