Sefaz Alagoas segue com atualizações no sistema de inscrição estadual

Através de e-mail, contribuintes podem sanar dúvidas quanto à análise dos fatores para a concessão automática ou alteração cadastral pretendida

Sefaz Alagoas segue com atualizações no sistema de inscrição estadual

Através de e-mail, contribuintes podem sanar dúvidas quanto à análise dos fatores para a concessão automática ou alteração cadastral pretendida

Por Assessoria | Edição do dia 27 de dezembro de 2021
Categoria: Alagoas | Tags: ,,,


Com o uso da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim) nos processos de inscrição estadual da Secretaria da Fazenda (Sefaz-AL), as solicitações de abertura de empresas, pedidos de alteração cadastral e processos de baixa aumentaram em 100% a demanda no órgão. De maio para cá, já foram realizadas 27.384 inscrições. Até 31 de janeiro de 2022, serão sanadas as requisições das empresas que aguardam registro em Alagoas.

A segunda fase da implantação já foi concluída e a terceira etapa está prevista para ser finalizada no primeiro quadrimestre de 2022. Este novo estágio contempla o gerenciamento das solicitações, realizando o monitoramento e tratamento de exceções. As ações visam melhorar a comunicação entre contribuintes e a Sefaz, aperfeiçoando as telas de acompanhamento e o retorno sobre os pedidos cadastrais.

O operador nacional foi criado pelo Governo Federal visando abreviar e simplificar os procedimentos para abertura de empresas, dando celeridade ao fluxo de dados entre os entes envolvidos, que contemplam: as administrações tributárias no âmbito federal, estadual e municipal, Juntas Comerciais, Cartórios de Registro Civil de Pessoas Jurídicas, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), além dos órgãos licenciadores como Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e Meio Ambiente.

Através do e-mail cadastro@sefaz.al.gov.br é possível sanar todas as dúvidas referentes à inscrição estadual, inclusive solicitar análise detalhada dos fatores de concessão automática ou alteração cadastral pretendida. Para agilizar a identificação e o atendimento, o contribuinte deve informar o protocolo Redesim e CNPJ da empresa.

A Sefaz-AL explica que, por problemas técnicos na troca de informações com a Redesim, podem ocorrer atrasos no registro de empresas em Alagoas. Esses problemas já estão sendo corrigidos pela equipe técnica do órgão. Os servidores estão empenhados em identificar e tratar cada caso a fim de minimizar o impacto para os contribuintes.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados