Caso Pinheiro: Seduc se reúne com Braskem para desmentir boatos sobre afundamento do Cepa

Na reunião, a Braskem informou que apenas uma parte do complexo está inserida na área de monitoramento

Caso Pinheiro: Seduc se reúne com Braskem para desmentir boatos sobre afundamento do Cepa

Na reunião, a Braskem informou que apenas uma parte do complexo está inserida na área de monitoramento

Por Redação com Assessoria | Edição do dia 26 de março de 2021
Categoria: Maceió, Notícias | Tags: ,,,


Após a circulação de uma notícia sobre um possível afundamento do solo do Cepa, nesta semana, a Seduc se reuniu com representantes da Braskem para esclarecer a questão. O encontro aconteceu nesta sexta (26).

A Secretaria Estadual de Educação (Seduc) emitiu uma nota na tarde desta sexta para esclarecer as ações da mineradora. “Na reunião, a Braskem informou que apenas uma parte do complexo está inserida na área de monitoramento, devido à proximidade com o bairro Pinheiro.”, esclareceu o órgão.

Confira a nota na íntegra:

Nesta sexta-feira, 26, a Secretaria de Estado da Educação, Seduc, promoveu uma reunião com a Braskem, para esclarecimentos sobre as ações da mineradora, relacionadas ao Cepa, o Centro Educacional de Pesquisas Aplicadas.

Na reunião, a Braskem informou que apenas uma parte do complexo está inserida na área de monitoramento, devido à proximidade com o bairro Pinheiro. Motivo pelo qual alguns equipamentos públicos localizados na área podem ser selados (ter um selo afixado) para auxiliar a identificação e o referido monitoramento. Apesar disso, não há nenhuma previsão de intervenção, de qualquer natureza, no Complexo.

A Braskem esclareceu, também, que os equipamentos públicos não são atendidos pelo Programa de Compensação Financeira e Apoio à Realocação (PCF). Eles são estudados caso a caso em conjunto com as autoridades, como a Defesa Civil, e qualquer decisão sobre os imóveis públicos é fundamentada em dados técnicos e compartilhada com a sociedade.

O diálogo entre a Seduc e a Braskem é permanente e transparente. A Secretaria reitera que qualquer informação da pasta é amplamente divulgada nos canais oficiais de comunicação (site e redes sociais), para que a toda a população e a imprensa tenham pleno conhecimento dos atos públicos e demais iniciativas da área educacional.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados