Sedetur, SSP e Ufal discutem projeto de implantação de energia renovável em unidades do CISP

Parceria entre os órgãos e a universidade tem como objetivo trazer melhorias para diversos segmentos econômicos de Alagoas

Sedetur, SSP e Ufal discutem projeto de implantação de energia renovável em unidades do CISP

Parceria entre os órgãos e a universidade tem como objetivo trazer melhorias para diversos segmentos econômicos de Alagoas

Por Ascom Sedetur | Edição do dia 23 de agosto de 2021
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,,,


Foto: Ascom Sedetur

Representantes da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo de Alagoas (Sedetur), da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) se reuniram, na sexta-feira (20), para discutir uma parceria que tem com o objetivo implantar energia renovável nos Centros Integrados de Segurança Pública (CISP).

No encontro foram debatidos temas referentes à política energética de redução de gastos em Alagoas, que oferecem uma produção de energia mais sustentável e menos agressiva ao meio ambiente; como também, foi debatido sobre a implantação de radares meteorológicos por meio da Ufal nos CISPs, para ajudar no monitoramento ambiental e nas estratégias de turismo.

Segundo o superintendente de Energia e Mineração (Suem) da Sedetur, Caio Uchôa, o projeto de parceria trará benefícios a diversos segmentos econômicos do estado.

“Quando tudo estiver encaminhado teremos uma redução de gastos de energia nos Centros Integrados de Segurança Pública (CISP), ou seja, trabalharemos uma política energética eficaz. Além disso, a parceria trabalha também estratégias para implantar radares meteorológicos, que vão ajudar em diversos segmentos, inclusive no planejamento da agricultura familiar e no turismo”, pontua Uchôa.

O superintendente destaca ainda que a implantação dos radares é benéfica também para o turismo de Alagoas, uma vez que, apesar de existirem sistemas de monitoramento, eles não possuem uma periodicidade nos dados recolhidos, diferente do radar da Ufal, que envia uma notificação de 10 em 10 minutos, facilitando o trabalho de prestadores de serviços turísticos e de futuros visitantes.

Na reunião ficou definido que os integrantes das três instituições vão realizar visitas técnicas aos Centros Integrados de Segurança Pública (CISP), para avaliar estruturas e áreas para o desenvolvimento do projeto integrado entre os governos de Alagoas e o federal.

CISP

Os CISP são centros de atividades comuns às instituições de segurança pública, onde toda a fiscalização é realizada por forças especializadas na prestação do serviço público e na proteção da população brasileira. Atualmente, Alagoas já conta com 31 centros de segurança.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados