Secult abre vagas para Oficina da Diversidade Cultural com foco na produção de agendas artesanais

Atividades acontecem nos dias 04 e 05 de novembro, com turmas manhã e tarde

Secult abre vagas para Oficina da Diversidade Cultural com foco na produção de agendas artesanais

Atividades acontecem nos dias 04 e 05 de novembro, com turmas manhã e tarde

Por Ascom | Edição do dia 26 de outubro de 2021
Categoria: Agenda Cultural, Alagoas, Cultura | Tags: ,,


A Secretaria de Estado da Cultura (Secult/AL) abriu inscrições para a Oficina da Diversidade Cultural focada na confecção de agendas personalizadas. Serão disponibilizadas 20 vagas. Interessados têm até o dia 3 de novembro para se inscrever gratuitamente.

Foto: Divulgação

As aulas serão ministradas pelo artista e designer Rafael Sart Sanambys, na sede da Secult, nos dias 04 e 05 de novembro, e conta com duas turmas, uma de 10h às 12h e a outra de 14h às 16h. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (82) 315-7894/98836-8106, de 08h às 14h, ou pelo e-mail soraya.coutinho@hotmail.com.

A Secult fica localizada no Museu Palácio Floriano Peixoto, Praça dos Martírios, Centro de Maceió. Mais informações: www.cultura.al.gov.br.

Sobre o artista

Artista plástico, desenhista, grafiteiro, escultor, dançarino, coreógrafo, músico, fotógrafo, videomaker, designer e produtor artístico e cultural, Rafael do Nascimento Santos, conhecido como Rafael Sart Sanambys, é um multiartista do município de São Miguel dos Campos, interior de Alagoas.

Sart foi um dos fundadores e hoje atua como líder e coordenador do grupo de performances e danças Sanambys Smnation reconhecido por diversos influentes da dança e artistas de diversas áreas, dentre eles está o maior evento de danças do Estado de Alagoas, a Mostra Alagoana de Dança.

Suas referências visuais fazem interligações entre diversas expressões artísticas de pintores brasileiros como: Susano Correia, Manasses Muniz, nascido em São Miguel dos Campos – AL, entre outros artistas internacionais como: Vincent Van Gogh e Leonardo da Vinci. Além desses artistas, apresenta referências de grafiteiros como: Eduardo Kobra, Rômulo deu cria e os Gêmeos. Entre os internacionais está Banksy com um tom crítico e preciso sobre os temas abordados em sua obra

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados