Secretário de Segurança afirma que corpo encontrado na Serraria não é o de Davi Silva

Apesar de o exame de DNA não ter sido concluído, Alfredo Gaspar diz que o corpo não tem nenhuma relação com o caso

Por | Edição do dia 10 de novembro de 2015
Categoria: Blog | Tags:


Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Nesta terça-feira (10), o secretário de Estado da Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendonça, declarou que o corpo encontrado no bairro da Serraria, em agosto do ano passado e, teria suspeita de ser o de Davi Silva, não é o corpo do jovem. Davi Silva desapareceu após uma abordagem policial, no Benedito Bentes, em oito de agosto de 2014.

Alfredo Gaspar afirmou que o corpo não é odo jovem, devido não haver evidências e características que foram detectadas sobre o corpo. O exame de DNA ainda está sendo realizado pela Perícia Oficial. O secretário completou que, este fato é “infundado”.

“Antes do resultado do exame posso afirmar de que não é o corpo de Davi Silva. O corpo que foi encontrado após dez dias do caso, e não tem nenhuma relação com o ocorrido. Quando o exame for concluído, teremos a reposta”, disse Alfredo Gaspar.

Após uma abordagem policial, realizada por agentes da Radiopatrulha, no dia oito de agosto de 2014, no bairro do Benedito Bentes, o jovem Davi Silva, de 17 anos, desapareceu. Após investigações, o Ministério Público Estadual denunciou quatro agentes militares por suspeita de serem os causadores da morte de Davi Silva.

Entre os policiais denunciados são Eudecir Gomes de Lima, Vitor Rafael Martins, Nayara Silva de Andrade e Carlos Eduardo Ferreira dos Santos.  Suspeitos pela morte, tortura e ocultação do corpo.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados