Secretário da Saúde de Alagoas apresenta ao MS balanço das ações de enfrentamento à Covid

Secretário de Atenção Especializada do MS, coronel Luiz Otavio Franco, esteve no Estado e conheceu estrutura montada pela Sesau

Secretário da Saúde de Alagoas apresenta ao MS balanço das ações de enfrentamento à Covid

Secretário de Atenção Especializada do MS, coronel Luiz Otavio Franco, esteve no Estado e conheceu estrutura montada pela Sesau

Por Assessoria | Edição do dia 9 de janeiro de 2021
Categoria: Coronavírus | Tags: ,,,


Foto: Reprodução

As medidas de enfrentamento à Covid-19 implementadas pelo Governo do Estado, nos últimos nove meses, foram apresentadas ao secretário de Atenção Especializada do Ministério da Saúde (MS), coronel Luiz Otavio Franco, nessa sexta-feira (8). O representante do Governo Federal esteve em Alagoas e, acompanhado do secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, conheceu a Rede Hospitalar montada para atender com agilidade e eficiência os usuários contaminados pelo novo coronavírus.

Além de um Panorama das Ações para Enfrentamento à Pandemia da Covid-19, o representante do MS visitou o Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), no bairro Cidade Universitária, em Maceió. A unidade foi inaugurada em maio do ano passado e, desde então, funciona com 130 dos 679 leitos públicos e exclusivos para tratar pacientes com a doença provocada pelo novo coronavírus.

Na unidade, Alexandre Ayres mostrou toda a estrutura disponibilizada e que tem garantido uma assistência ágil, qualificada e humanizada aos pacientes com Covid-19. O gestor da saúde estadual evidenciou que, durante os seis meses de funcionamento, o Hospital Metropolitano de Alagoas recuperou 501 pessoas, das 5.178 que venceram a doença provocada pelo novo coronavírus, e que foram tratadas em um dos leitos das 27 unidades da Rede Hospitalar mantida Sesau.

“Apesar de sermos o quarto Estado do Brasil com a maior densidade demográfica, onde a transmissão do novo coronavírus se disseminou rápido, nossa Rede Hospitalar para a Covid-19 não colapsou de forma alguma, uma vez que no pico chegamos a ter 1.326 leitos em funcionamento. E isso só foi possível porque o Governo de Alagoas inaugurou três novos hospitais [Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), Hospital Regional do Norte [HRN] e Hospital Regional da Mata [HRM] somente durante a pandemia, além de abrirmos leitos nos hospitais já existentes e de contratualizarmos nas Redes Filantrópica e Particular” salientou Alexandre Ayres.

Hospital da Mulher

E durante visita ao Hospital da Mulher Dr.ª Nise da Silveira (HM), o coronel Luiz Otavio Franco conheceu a Área Lilás, espaço dedicado para receber as vítimas de violência sexual no Estado, que conta com uma equipe multiprofissional capacitada para realizar o atendimento humanizado por meio de psicólogos, assistentes sociais, enfermeiros, ginecologistas, pediatras, médicos peritos e policiais civis, promovendo a assistência integral em um único ambiente.

Na oportunidade, ele também visitou a farmácia satélite e os leitos da semi-intensiva e da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), dedicados aos pacientes com suspeita ou confirmação da Covid-19. Franco fez questão de elogiar o Relógio de Cuidados da UTI, criado pela equipe de enfermagem do HM, cujo objetivo é verificar os sinais vitais do paciente acamado a cada duas horas, promovendo uma importante medida de prevenção por lesão por pressão.

“Um quadro como esse, a meu ver, tem mais efetividade do que colocar as informações dos pacientes por meio de uma tela de celular. A equipe desse hospital está de parabéns pela iniciativa”, elogiou o secretário de Atenção Especializada do MS.

Insumos

O gestor da saúde estadual informou ainda, ao secretário de Atenção Especializada do MS, coronel Luiz Otavio Franco, que desde o início da Pandemia da Covid-19 a Sesau distribuiu 18.795.843 unidades de insumos estratégicos. Conforme balanço contabilizado pela Gerência de Suprimentos da pasta, foram distribuídas 111,8 mil unidades de álcool em gel e liquido a 70%, 3.5 milhões de máscaras descartáveis e PFF2, 12,1 milhões de luvas descartáveis, um milhão de toucas e óculos de proteção e 1,8 milhão de aventais, macacões e sapatilhas.

Nas três Centrais de Triagem para a Covid-19 abertas pela Sesau, foram 96.514 usuários assistidos e 74.701 submetidos à testagem rápida por apresentarem os sintomas da doença. Na Central de Triagem do Ginásio do Sesi, em Maceió, foram 43.013 pessoas atendidas; na Central do Shopping Pátio Maceió foram 19.791 atendimentos e na Central de Triagem do Ginásio João Paulo II, em Arapiraca, 33.710 assistências foram prestadas.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados