Saúde inicia nesta quarta-feira (2) capacitação profissional sobre autismo

Saúde inicia nesta quarta-feira (2) capacitação profissional sobre autismo

Por Assessoria | Edição do dia 1 de dezembro de 2020
Categoria: Notícias, Saúde | Tags: ,


A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Gerência de Atenção Psicossocial (GAP), inicia nesta quarta-feira (2), de forma online, uma capacitação com o tema “A organização de serviços de pessoas com TEA a partir do ensino estruturado: conceitos e estratégias”. O curso é direcionado a profissionais do município que atuam em Unidades de Saúde, Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), Núcleo Ampliado de Saúde da Família (Nasf) e Centros Especializados em Reabilitação (CERs), conveniados ao município.

De acordo com Izolda Dias, gerente de Atenção Psicossocial da SMS, o curso tem como objetivo oferecer meios e alternativas para que os profissionais possam aprimorar os atendimentos oferecidos às pessoas com autismo. “Considerando o aumento real de casos diagnosticados no mundo, as necessidades específicas do quadro e as formas de aprendizagem, os profissionais de saúde precisam estar conectados e capacitados nas formas modernas de entendimentos e atendimentos”, destaca a gerente.

“Em um curto prazo, pretende-se criar um sistema de capacitação teórica de aplicabilidade prática nas redes de serviços ofertados na cidade de Maceió. Nesse sentido, com a capacitação buscamos atualizar os conceitos sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA), ponderar as contribuições das áreas de saúde, assistência e educação na vida das pessoas com TEA. Analisando ainda os modelos de intervenção baseados em evidências, orientando os participantes quanto às estratégias de intervenção próprias de cada área”, completa Izolda Dias.

A capacitação terá 100 horas/aula e será aberta para profissionais de diversas áreas como psicólogos, assistentes sociais, enfermeiros e fisioterapeutas, desde que o profissional esteja comprometido em ser um multiplicador do conhecimento do curso em suas áreas de atuação e locais de trabalho. Os recursos para a realização do curso foram garantidos por meio de Emenda Parlamentar.

Metodologia do curso

O curso tem início no dia 02 de dezembro de 2020 e vai até 1º de maio de 2021 com três encontros online, via plataforma Zoom, e oito presenciais para os três grupos de trabalho – saúde, assistência e educação. As aulas serão teórico-práticas e, ao término de cada módulo, os alunos serão encorajados a responder um questionário avaliativo e a desenvolver um breve ensaio sobre a temática estudada. Os encontros presenciais podem sofrer alterações, a depender das perspectivas mundiais de recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), por conta da pandemia de covid-19.

A grade curricular do curso contempla temas como, por exemplo, “Transtorno do espectro do autismo” (Profa. Deusina Lopes e Prof. Dr. Edgilson Tavares); “Diagnóstico de TEA” (Prof. Dra. Lisiane Mota); “TEA: aspectos psicossociais e condições educacionais” (Mestre Cristiane Kubaski); e “Condições comportamentais em TEA e estilo cognitivo” (Prof. Dra. Viviane Leon).

Junto a profissionais renomados em suas áreas de atuação também serão abordados temas como manejo de comportamento na prática clínica, autismo e políticas públicas, serviço social e práticas aplicadas em TEA, aprendizagem ao longo da vida, autismo e legislação, saúde mental das famílias cuidadoras, os sofrimentos psíquicos que repercutem no desenvolvimento dos irmãos, entre outros.

Ana Cecília da Silva – Ascom/SMS

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados