Saneamento: BRK Ambiental Alagoas beneficiará 1,5 milhão de pessoas em Maceió

Empresa tem a missão de universalizar o abastecimento de água em até seis anos e garantir o acesso de 83% da população da região a esgoto nos primeiros oito anos de contrato

Saneamento: BRK Ambiental Alagoas beneficiará 1,5 milhão de pessoas em Maceió

Empresa tem a missão de universalizar o abastecimento de água em até seis anos e garantir o acesso de 83% da população da região a esgoto nos primeiros oito anos de contrato

Por Bárbara Pacheco | Edição do dia 1 de junho de 2021
Categoria: Alagoas | Tags: ,,,,,


Foto: Arquivo BRK

A partir de julho, Alagoas acena para uma nova etapa de desenvolvimento com o início das operações da BRK Ambiental, uma das maiores empresas privadas de saneamento do Brasil. Vencedora do leilão para a concessão dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário em 13 cidades da Região Metropolitana de Maceió pelos próximos 35 anos, a gigante de saneamento vai beneficiar diretamente 1,5 milhão de pessoas, que terão acesso à água de qualidade, coleta e ao tratamento de esgoto.

As cidades alagoanas de Atalaia, Barra de Santo Antônio, Barra de São Miguel, Coqueiro Seco, Maceió, Marechal Deodoro, Messias, Murici, Paripueira, Pilar, Rio Largo, Satuba e Santa Luzia do Norte passam a integrar o bloco de atuação da companhia junto a mais de outros cem municípios brasileiros. A empresa faz parte do grupo canadense Brookfield, que investe e administra ativos em mais de 30 países, e tem impacto direto na qualidade de vida de 16 milhões de pessoas em 13 estados brasileiros.

Com um investimento de R$ 2,6 bilhões, a BRK Ambiental Alagoas tem como principais metas a universalização dos serviços de água até 2027, o atendimento de 90% da população da região com sistema de esgotamento sanitário até 2037 e a redução da perda de água para, no máximo, 25% em 20 anos. Já nos primeiros seis anos de atuação, a empresa vai investir R$ 2 bilhões no estado e a previsão é que 83% da população da região metropolitana tenha acesso à coleta e tratamento de esgoto nos primeiros oito anos de operação.

Foto: Arquivo BRK

Para se ter uma ideia da dimensão do trabalho que será realizado pela BRK Ambiental, segundo dados oficiais do governo estadual relativos a 2020, apenas 27% da população da região contemplada pela concessão tem acesso à coleta e ao tratamento de esgoto. Além disso, o índice de desperdício da água produzida chega a 59% – ou seja, mais da metade da água tratada é perdida antes de chegar ao consumo final. A significativa redução desse indicador, uma das principais metas da empresa, é assegurada por uma infraestrutura moderna e equipamentos de ponta que permitem melhor gestão do fornecimento, mais eficiência operacional, controle e melhoria na qualidade da água entregue à população.

De acordo com o diretor presidente da BRK Ambiental Alagoas, Fernando Mangabeira, a atuação da empresa na grande Maceió tem como prioridade a qualidade e eficiência do serviço prestado. “Nosso compromisso é garantir o acesso da população aos sistemas de água e esgoto, promovendo melhorias que vão qualificar a operação, a entrega dos serviços e o atendimento aos clientes. Com esse trabalho, contribuiremos para transformar a realidade dos alagoanos, já que os efeitos do saneamento básico têm impacto direto no desenvolvimento socioeconômico, principalmente em áreas essenciais como saúde e educação. Neste momento em que vivemos uma crise sanitária, é fundamental pensar no saneamento como grande impulsionador da recuperação econômica”, destacou.

Foto: Melanie Mariño

Além de melhorias operacionais, como automação de sensores de nível dos reservatórios e das principais estações elevatórias e limpeza e manutenção de toda a rede de água e esgoto, a BRK também vai fortalecer o atendimento ao cliente. Serão disponibilizados canais digitais, 0800 funcionando 24 horas, facilidades para o pagamento da fatura (uso de cartão de crédito e até cashback com o PicPay), lojas físicas em todas as cidades contempladas pela concessão e atendimento nas Centrais Já! da capital.

Operação assistida

Desde o mês de janeiro, a empresa está em operação assistida junto à Companhia de Água e Saneamento de Alagoas (Casal). Durante o período preparatório, a BRK Ambiental designou profissionais com ampla experiência na área de saneamento para acompanhar as rotinas operacionais e conhecer detalhadamente o funcionamento dos sistemas de água e esgoto de toda a região.

Conforme acordado quando da assinatura do contrato, além de mapear toda a estrutura das redes com o máximo possível de detalhes ao longo de 180 dias, a BRK também ficou responsável por apresentar os planos de atendimento, investimento e operação ao Governo do Estado, à Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal) e à Casal, que passará a fornecer a água tratada para a empresa.

Como será a atuação da BRK Ambiental e da Casal?

Com a chegada da BRK em Alagoas, a Casal não deixará de existir. A companhia continua como uma estatal e passará a vender água tratada para a nova concessionária, que assumirá os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário na Região Metropolitana de Maceió, com algumas particularidades entre as cidades.

A BRK Ambiental comprará a água tratada da Casal em dez dos 13 municípios contemplados pela concessão, ou seja, a companhia fará a coleta e o tratamento da água que será distribuída pela BRK. Somente nas cidades de Atalaia, Barra de Santo Antônio e Marechal Deodoro todas as etapas do abastecimento de água serão de responsabilidade da BRK, assim como o esgotamento sanitário em todos os 13 municípios.

Na capital, entretanto, o esgoto de alguns bairros da parte alta de Maceió (Cidade Universitária, Santos Dumont, Clima Bom, Tabuleiro dos Martins, Antares, Santa Lúcia e Benedito Bentes) ficará a cargo da Sanama, que já atua na região por meio de parceria público privada firmada com a Casal. As demais regiões de Maceió contarão com o esgotamento sanitário operado pela BRK Ambiental.

Empregos

A BRK Ambiental chega a Alagoas com estimativa de gerar cerca de 500 empregos diretos e mais de 1,5 mil indiretos na Região Metropolitana de Maceió neste primeiro momento. Desde a abertura do processo de seleção, em fevereiro, a unidade recebeu mais de 18 mil currículos para as mais diversas áreas de atuação nos setores administrativo, técnico e operacional. As admissões acontecem em meio a um cenário de crise econômica e elevada taxa de desemprego no país.

O processo seletivo para a contratação direta dos funcionários está em andamento e é realizado pela equipe da BRK Ambiental em parceria com a empresa Recruitment.

As vagas estão disponíveis para acesso no endereço www.recruitment.com.br/vagas/. Novas oportunidades serão anunciadas até julho.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados