RU Marielle Franco serviu 70 mil refeições no sertão alagoano

Por | Edição do dia 14 de janeiro de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags:


50503859_1028727620584448_8455448067766747136_n

 

O Restaurante Universitário Marielle Franco serviu 70 mil refeições na cidade de Delmiro Gouveia, em 2019, segundo relatório da Pro-reitoria estudantil da Ufal. O RU que homenageia a vereadora executada no Rio de Janeiro, contribui para diminuir a evasão estudantil no sertão alagoano com alimentos orgânicos plantados e colhidos por produtores locais.

Segundo a reitora da Ufal, Valéria Correia, o RU Marielle Franco faz parte da ampliação da assistência estudantil realizada pela Universidade. Ela ressaltou a importância de colocar o RU em funcionamento no ano de 2019. “Nessa conjuntura, garantir a alimentação no RU, realmente é motivo de muita alegria, ainda mais porque estamos também contribuindo com o fortalecimento da agricultura familiar, comprando a produção de pequenos agricultores do entorno do campus”, destacou.

A vereadora Marielle Franco foi executada em 14 de março de 2018 por um grupo de milicianos conhecido como Escritório do Crime. Nesta terça-feira (14), completa-se 22 meses do crime e as investigações ainda não concluíram quem mandou matar a parlamentar eleita pelo PSOL nas eleições de 2016 com mais de 44 mil votos.

Para a deputada estadual Renata Souza (PSOL/ RJ), o RU que homenageia Marielle é luta que alimenta a fome por justiça. “O restaurante Marielle Franco está cumprindo a missão dessa guerreira que sonhou em alimentar o corpo e a alma de tanta gente que sofre. Em um país com 13 milhões de desempregados; 13,5 milhões de miseráveis, com um recorde de 6,5 milhões abaixo da linha da pobreza, o retorno ao fogão de lenha mostra o tamanho da fome dos brasileiros diante da negligência de tantos governantes. Do litoral ao sertão, o Brasil pergunta quem mandou matar Marielle Franco?”, disse a amiga e ex-chefe de gabinete de Marielle.

No ano de 2019, quase 1 milhão de refeições foram servidas nos cinco restaurantes universitários da Ufal. Segundo relatório do Ministério da Educação, a Ufal foi a Universidade Federal que mais diminuiu a evasão estudantil ao investir em assistência para os seus alunos, garantindo a permanecia para a conclusão dos seus cursos de graduação.

ikjjmj

 

RU 2 (1)

 

RU 3 (1)

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados