Ricos vão ao paraíso fiscal, enquanto os pobres morrem de fome

Esses ricos picaretas usam empresas e contas de fachada para esconder segredos inenarráveis das suas vidas pregressas, seja no mundo empresarial, seja no tal mercado financeiro.

Ricos vão ao paraíso fiscal, enquanto os pobres morrem de fome

Esses ricos picaretas usam empresas e contas de fachada para esconder segredos inenarráveis das suas vidas pregressas, seja no mundo empresarial, seja no tal mercado financeiro.

Por Antonio Pereira | Edição do dia 5 de outubro de 2021
Categoria: Opiniões | Tags: ,,,,,,,,,,


Paraíso Fiscal

É comum que offshores sejam abertas em paraísos fiscais porque os donos podem pagar pouco, ou nenhum, imposto em relação aos lucros e ativos que possuem.

Uma parte insignificante da população mundial detém mais de 50% de toda a riqueza produzida pela humanidade. Estas pessoas são normalmente chamadas de ricos. Antes que alguém que tem um jeep renegade financiado em 300 prestações e já foi sócio ou proprietário de alguma bodega e se acha rico, saiba que não estou falando de você.

Falo das pessoas que são realmente ricas e usam paraísos fiscais simplesmente para encobrir alguma falcatrua em seu país de origem ou para ‘somente’ sonegar impostos, negando ao seu povo direito a saúde, educação, segurança e infraestrutura.

O escândalo dos Pandora Papers, que revelou que as duas principais autoridades econômicas do Brasil – Paulo Guedes e Roberto Campos Neto – mantêm contas em “paraísos fiscais”, que servem apenas para esconder recursos ilícitos ou para não pagar impostos mostra nitidamente a hipocrisia geral e quase irrestrita no Brasil e no mundo.

Esses ricos picaretas usam empresas e contas de fachada para esconder segredos inenarráveis das suas vidas pregressas, seja no mundo empresarial, seja no tal mercado financeiro.

No caso do Brasil, Paulo Guedes e o presidente do Banco Central têm a chave do cofre nas mãos e usam todos os dedos para ganhar dinheiro com isso. Cada vez que o dólar aumenta, Paulo Guedes e Roberto Campos faturam alto. Estimativas por baixo apontam que Guedes chega a ganhar R$ 1 milhão por dia com esse aumentos da moeda americana.

Um escândalo mundial, mas que no Brasil  é minimizado pela imprensa e até pelos barnabés com jeep renegade financiado. Para essas pessoas ‘o crime compensa’. Uns porque também têm contas nestes paraísos fiscais e os outros porque sonham ter, mesmo que isso nunca vá acontecer.

Enfim, infelizmente, no Brasil e em outros países povoados por esses abutres insensíveis do capitalismo selvagem, ganhar dinheiro é a palavra-chave para tudo, justificando até mesmo a morte de milhares de pessoas e a miséria de outros milhões.

Lamentável.

Facebook – https://www.facebook.com/toinhopereira

Instagram – https://www.instagram.com/toinho_pereira0748/

Twitter – https://twitter.com/antoniotoinho07

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados