Réveillon alagoano celebra o protagonismo feminino nos palcos

Com programação capitaneada por mulheres, a 8ª edição do NemVem 2022 destaca a necessidade de representatividade na arte

Réveillon alagoano celebra o protagonismo feminino nos palcos

Com programação capitaneada por mulheres, a 8ª edição do NemVem 2022 destaca a necessidade de representatividade na arte

Por Assessoria | Edição do dia 7 de dezembro de 2021
Categoria: Agenda Cultural


O cenário cultural e de eventos é bastante concorrido e, assim como diversos outros setores, é, em sua maioria, comandado por homens. Por muito tempo, o universo da arte – como em tantos outros – foi marcado pela expropriação do trabalho feminino. Isso vem mudando aos poucos.

Cada vez mais mulheres estão criando seus próprios espaços de fala artística e, de quebra, geram empregos e visibilidade para tantas outras. No entanto, a disparidade ainda é gritante. “Observando a programação dos mais variados eventos é possível notar o discrepante espaço destinado aos artistas homens se comparado às mulheres”, conta a produtora alagoana Layla Ferro, idealizadora do Réveillon NemVem.

No Brasil, dos 10 maiores eventos de música, artistas mulheres representam apenas 20,8% das atrações que se apresentaram em 2017 – alguns chegaram próximo de zero. Esses números revelam o quanto a própria classe ainda discrimina os trabalhos realizados por mulheres. Três anos depois, os números materializam ainda mais a urgência para que mudanças aconteçam.

O selo Dalai Produções vem investindo gradativamente na mudança desse cenário. Das sete apresentações do Réveillon NemVem 2022, as quatros atrações principais são capitaneadas por mulheres, dentre elas a revelação pop do momento Marina Sena, o Rito de Passá de Mc Tha, o trio Larissa Gleiss, LoreB, Andréa Laís, além da folia de Naná Martins.

Layla Ferro conta que o aumento surgiu de forma muito natural e intuitiva, fruto da necessidade de explorar cada vez mais a multiculturalidade e a inclusão: “Acredito, enquanto mulher à frente de uma produção desse porte, na importância de fortalecer o protagonismo feminino e a representatividade nos palcos. É imprescindível que haja a quebra de padrões, permitindo que as mulheres conquistem espaço na cena de maneira proporcional e equivalente por meio da desconstrução do machismo estrutural que rege a nossa sociedade”, explica.

NEM VEM 2022

O público poderá aproveitar as apresentações desfrutando de um open bar de cerveja, vodka, cachaça e água numa super estrutura que será montada no Loteamento Pratagy, no litoral Norte de Alagoas. A venda de ingressos já está disponível em reveillonnemvem.com.br e estes serão exclusivamente digitais, como forma de reduzir deslocamentos e exposições ao vírus em pontos de vendas.

Limitação de público, apresentação do cartão de vacinação completo e a exigência do uso de máscaras em áreas comuns do evento são outras medidas planejadas para prevenir a transmissão do coronavírus, além de espaço amplo com ventilação natural.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados