Representantes da Sefaz Alagoas fazem visita à empresa Valedourado em Palmeira dos Índios

Indústria de laticínios produz leites e derivados para a região Nordeste há mais de 30 anos, sendo uma das maiores empresas do Estado

Representantes da Sefaz Alagoas fazem visita à empresa Valedourado em Palmeira dos Índios

Indústria de laticínios produz leites e derivados para a região Nordeste há mais de 30 anos, sendo uma das maiores empresas do Estado

Por Assessoria | Edição do dia 17 de dezembro de 2021
Categoria: Alagoas | Tags: ,,,


O Secretário de Estado da Fazenda de Alagoas, George Santoro, ao lado do Secretário Especial da Receita Estadual, Luiz Dias, visitaram, nesta sexta-feira (17), a empresa Valedourado, localizada no município de Palmeira dos Índios. Também estiveram presentes na visita a Secretária de Gestão Interna, Paloma Tojal, e o Superintendente Especial da Receita Estadual, Francisco Suruagy.

A indústria de laticínios produz leites e derivados para a região Nordeste há mais de 30 anos, sendo uma das maiores empresas do Estado. Após cem dias de gestão, o governador Renan Filho assinou um decreto que contemplou a isenção do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para leite e derivados das produções locais com circulação interna e interestadual.

Atendendo a um novo pedido do setor, em janeiro deste ano, o governador assinou outro decreto sobre a extinção de créditos tributários do ICMS, por remissão ao setor industrial de laticínios de Alagoas.

Os decretos abriram novas possibilidades para a criação de um novo ciclo de investimentos e ajudaram o setor lácteo a recuperar a importância econômica dentro do setor produtivo, como explica o Secretário da Receita Estadual, Luiz Dias.

“Isso fortaleceu toda a cadeia do leite, trazendo mais competitividade para os produtos em Alagoas, coisa que não acontecia anteriormente. Agora, a realidade é totalmente distinta, as empresas estão se recuperando e o Governo também fez um esforço de perdoar as dívidas tributárias por entender que milhares de famílias têm o seu sustento nessas indústrias, sobretudo, tem uma importância ímpar para a interiorização do desenvolvimento do Estado”.

Para o diretor de operações da Valedourado, Frederico Sampaio, a situação do segmento de laticínios em Alagoas ficou parecida com a de outros estados, como Pernambuco, Bahia e Ceará, facilitando a exportação deste produto. “Hoje, em Alagoas, graças ao benefício do governo Renan Filho, a produção leiteira que vinha há vinte anos estagnada cresceu muito. No caso da Valedourado, a gente teve um crescimento de 40% na nossa produção nos últimos anos por causa do benefício concedido no governo”.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados