Bom Dia!, Segunda-Feira - 30 de Março de 2020

 

“Reorganização” do Banco do Brasil vai diminuir atendimento presencial

Redação / 5:22 - 21/11/2016

Agências serão fechadas e funcionários terão plano de aposentadoria; Caixa Econômica estuda medida similar


O Banco do Brasil anunciou neste domingo (20) um conjunto de medidas para “ampliar o investimento no atendimento digital e aumentar a eficiência operacional”, que consiste em enxugamento de agências e postos de trabalho, incluindo incentivo à aposentadoria e diminuição de jornada de trabalho e, consequentemente, de remuneração, para serviços gratificados.

O atendimento ao público será ainda mais automatizado, através do site e aplicativo do banco. Os caixas eletrônicos seguem uma opção, porém através dos serviços do Banco 24 Horas.

De acordo com o texto oficial divulgado à imprensa, o banco vai rever e redimensionar a estrutura da organização em todos os níveis: estratégico (direção geral), tático (superintendências nos estados), de apoio (órgãos regionais) e de negócios (agências).

Apenas com a reorganização, como as medidas estão sendo chamadas, o BB estima redução anual de R$ 750 milhões em despesas, valor que poderá aumentar significativamente a partir da adesão de funcionários ao “Plano Extraordinário de Incentivo a Aposentadoria”.

Além disso, o Banco iniciará processo de renegociação de valores atualmente pagos para aluguel, manutenção das agências, segurança e transporte de valores. Apenas essa revisão da estrutura administrativa vai gerar redução de R$ 750 milhões em despesas por ano.

 Revisão da estrutura em Alagoas

As medidas preservam a presença do BB nos municípios em que já atua, porém vão resultar no encerramento em todo país de 31 superintendências regionais, 402 agências e na transformação de outras 379 em postos de atendimento bancário. Em outubro, o BB já havia iniciado o encerramento de outras 51 agências.

Em Alagoas, estes números são de 101 unidades de atendimento, sendo 63 agências e 38 postos de atendimento. Com a reorganização, 3 agências serão encerradas e 3 serão transformadas em postos de atendimento, totalizando 57 agências e 41 postos de atendimento.

De acordo com os dados oficiais do banco, a rede de atendimento do BB no estado de Alagoas conta com 283 correspondentes bancários, 555 caixas eletrônicos BB – a maioria deles dentro das próprias agências – e 214 terminais da rede Banco 24h no estado.

Atendimento virtual

Como alternativa à reorganização, o BB vai investir em uma estratégia de ampliação do atendimento por canais digitais que prevê a abertura, ainda em 2017, de mais 255 unidades de atendimento digital, entre escritórios e agências digitais, que irão se somar às 245 já existentes.

Como justificativa, o BB alega que, na comparação com o modelo tradicional, “os clientes do atendimento digital mostram-se mais satisfeitos e consomem até 40% mais produtos e serviços bancários. O novo modelo também é mais eficiente. Um gerente de contas consegue gerenciar um número 35% maior de carteiras de clientes, se comparado ao atendimento nas agências físicas”, conforme o informe divulgado à imprensa.

Plano de incentivo à aposentadoria

“A revisão da estrutura do BB levará à redução de 9.300 vagas no quadro de pessoal. Para a adequação, o BB lançará Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada para público potencial de até 18 mil pessoas que já reúnem condições para se aposentar, com adesão totalmente voluntária”, diz o informe. O Banco do Brasil conta com 109.159 funcionários em todo país.

Outra medida é a jornada de trabalho de 6 horas diárias para cargos em comissão, com proporcional diminuição da gratificação recebida. “A partir de hoje, cerca de 6 mil assessores da Direção Geral e superintendências também poderão aderir voluntariamente à nova jornada. A adesão resultará na redução de 16,25% do valor de referência da função, enquanto a jornada será reduzida em 25%”, defende o banco.

Comunicação aos clientes

O encerramento das agências e a implantação das demais medidas ocorrerá ao longo de 2017 e será precedido por ampla comunicação aos clientes em canais diversificados, como o hotsite www.bb.com.br/novoatendimento, SMS, aplicativo para celular, terminais de autoatendimento, além de correspondências e cartazes nas agências.

A mudança de agência é automática. Os clientes não precisam fazer qualquer procedimento adicional e podem manter seus cartões e senhas para transações na nova agência, mesmo que haja alteração no número da conta.

O Banco também divulgou telefones exclusivos para atendimento aos clientes sobre mudanças de agência: 4003-5282 ou 0800 729 5282 para pessoas físicas e 4003-5281 ou 0800 729 5281 para empresas. A Central funciona de segunda a sexta-feira, de 8h às 22h.

Caixa Econômica não vai fechar agências

O presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, disse nesta segunda (21) não haver, até o momento, a intenção de seguir o exemplo do Banco do Brasil, porém o banco estuda a possibilidade de fazer um programa de apoio à aposentadoria..

“A Caixa não tem a intenção de fechar agências”, disse Occhi. “Claro que agências com resultados deficitários podem ser revistas”, disse ele após participar da reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), mais conhecido como Conselhão.

Segundo ele, das 3,7 mil agências da Caixa, cerca de 100 não tem apresentado resultados satisfatórios. “Mas antes de optarmos pelo fechamento das agências há outras medidas possíveis, como redução do tamanho da agência, transformá-las em postos de atendimento, transferência de local. A última alternativa é o fechamento da unidade”, disse Occhi.


Comentar usando