Regional Grande Mata Alagoana foi responsável por cerca de 44% dos alimentos do PAA

Desde 2017, foi realizada a compra e doação simultânea de 4,3 mil toneladas de alimentos

Regional Grande Mata Alagoana foi responsável por cerca de 44% dos alimentos do PAA

Desde 2017, foi realizada a compra e doação simultânea de 4,3 mil toneladas de alimentos

Por Assessoria | Edição do dia 20 de agosto de 2021
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,


Foto: Assessoria

A regional da Grande Mata Alagoana do Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas (Emater) teve um papel importante no cumprimento das propostas do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), ao longo dos cinco primeiros anos do projeto.

Neste período, foram comprados e doados simultaneamente 4,3 mil toneladas de alimentos, por meio de um investimento de R$ 9,1 milhões, o que corresponde por 43,9% dos alimentos e cerca de 36,8% do valor total investido no programa, respectivamente.

Este escritório é o maior da Emater, sendo responsável por 33 municípios. Desses, 21 estão cadastrados no PAA. A cidade sede da regional, União dos Palmares, foi a que teve a maior participação, tendo distribuído 70,8 toneladas de alimentos, por meio de R$ 195,8 mil investidos.

A agricultora familiar Eliane Ribeiro Lima, moradora do povoado Porto Velho, que fica no município de Murici, contou que o programa trouxe diversos benefícios para a colheita e venda dos produtos que cultiva.

“O PAA se mostrou muito importante na minha vida, pois nós que somos agricultores temos dificuldades de vender nossos produtos. Temos todo o trabalho de ir para as feiras sem previsão de venda. Mas o PAA nos dá a certeza de venda, criando uma rede de parceria que beneficia tanto o agricultor, que precisa vender, quanto as pessoas que recebem as doações”, ressaltou.

A Emater executa o PAA por meio de recursos federais do Ministério da Cidadania, na modalidade doação simultânea, nos 83 municípios alagoanos que atende. Até hoje, o programa já beneficiou mais de 100 mil pessoas, por meio da compra de quase 10 mil toneladas de alimentos e mais de R$ 24,7 milhões aplicados na agricultura familiar.

Para a execução da proposta 2021/2022, a adesão estadual dispõe de mais de R$ 5,8 milhões para dar continuidade ao projeto em Alagoas. A atual, 2020/2021, está em 75% de execução, com previsão de conclusão dentro dos próximos 90 dias.

O valor investido na vigente foi de R$ 9,8 milhões. Nas propostas anteriores, foram aplicados R$ 3,3 milhões em 2016/2017; R$ 2 milhões em 2017/2018; R$ 6 milhões em 2018/2019 e a mesma quantia em 2019/2020.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados