, Sexta-Feira - 24 de Maio de 2019

 

Programa Futuros Líderes das Américas (ELAP): oportunidade de internacionalização de Instituições de ensino Superior

Alyshia Gomes / 6:52 - 24/02/2019


Depois de duas semanas apresentando temas relacionados a destinos não-convencionais para estudantes brasileiros/internacionais, retorno ao continente americano para falar sobre um excelente programa para interessados em oportunidades acadêmicas no Canadá.

Estou falando sobre o Programa Futuros Líderes das Américas (ELAP), que está recebendo inscrições de alunos da América Latina e do Caribe, interessados em passar um curto período estudando ou fazendo pesquisas de graduação e pós-graduação em uma instituição canadense.

Trato, agora, de um item que faz a diferença neste programa. Existe um critério de elegibilidade inicial não só para o candidato, mas também para a IES na qual o mesmo está matriculado. Isto porque as bolsas serão concedidas a partir de acordos entre instituições de ensino canadenses e latino-americanas ou caribenhas. Indo direto ao assunto, para ser considerado “candidato”, o interessado deve estar matriculado em uma instituição brasileira que tenha acordo de colaboração/mobilidade com uma instituição de ensino canadense.

Se você estiver interessado, então procure, imediatamente, os responsáveis pelo escritório de Relações Internacionais ou a pessoa que responde pela internacionalização de sua instituição. Demonstre interesse e verifique se já existe algum acordo com alguma IES canadense. Se a instituição não for elegível (não tiver um acordo), você não poderá se candidatar. Caso esta seja a tua realidade, sugiro que não desanime e continue lendo o texto. Outros editais virão e você poderá iniciar o trabalho de preparação agora.

Eu sei que a internacionalização do ensino superior ainda não está presente em muitas IES brasileiras. Neste caso, a sua movimentação vai ser importante para fazer com que a direção da instituição possa considerar iniciar este processo. Dirigindo-me, agora, aos gestores de IES, aqui está uma excelente oportunidade para dar um primeiro passo neste importante item de avaliação.

Voltando ao programa, caso tua instituição seja elegível, tome cuidado com todos os documentos solicitados como, por exemplo,  histórico, resultado do teste de idioma, projeto de pesquisa e formulário de inscrição. Você também deverá observar se atende aos requisitos da instituição canadense, incluindo os acadêmicos e de idioma; apresentar o seu pedido de visto o mais rapidamente possível e seguir os procedimentos de imigração. Atenção pois uma autorização de estudo é, geralmente, necessária para fazer cursos. Já em caso de pesquisa, será exigida uma autorização de trabalho.

Em relação às IES brasileiras, estas são convidadas a entrar em contato  com instituições parceiras no Canadá para confirmar ou revisar novos acordos de intercâmbio e / ou colaboração; promover o programa através de seu escritório internacional; identificar os melhores candidatos que atendam aos requisitos de admissão da instituição parceira canadense; encaminhar à instituição parceira canadense responsável pela submissão do pedido de bolsa a documentação dos candidatos interessados e oferecer aos candidatos selecionados treinamento adicional em idiomas, reforço acadêmico e preparação cultural antes da partida.

As inscrições estão abertas até  março. Ainda dá tempo de trabalhar neste projeto. Tenho certeza que vale a pena!

Se você quiser enviar perguntas, comentários ou sugestões sobre este programa ou sobre qualquer tema relacionado à Educação Internacional, envie mensagem para alyshiagomes.ri@gmail.com.

ACOMPANHE AS DICAS DE BOLSAS INTERNACIONAIS NO JORNAL “O DIA ALAGOAS”, JÁ NAS BANCAS.


Comentar usando